Ciência & Tecnologia

Os conversores para TV digital, também chamados de set-top boxes, custarão 700 reais, em média, na estréia da TV digital em São Paulo, prevista para 2 de dezembro, revelou o presidente da Associação Nacional de Fabricantes de Produtos Eletroeletrônicos (Eletros), Lourival Kiçula, durante o Painel TV Digital no Brasil.

Segundo o executivo, o valor equivale a uma redução de 100 reais da previsão inicial da indústria, que era de 800 reais. Ainda assim, o preço é quase quatro vezes maior que os 180 reais prometidos pelo ministro das Comunicações, Hélio Costa, em sua mais recente projeção sobre os preços dos conversores.

"O preço vai caindo de 50 em 50 [reais]. Daqui a cinco, seis anos teremos surpresas boas", afirmou o presidente da Eletros, pragmático. A lista de empresas que se comprometeram a lançar aparelhos com conversores até a estréia da TV digital, marcada para o dia 2 de dezembro, inclui Philips e Panasonic - que exibiram apenas protótipos dos seus produtos - e Semp Toshiba, que demonstrou a versão final de um dos dois modelos de conversor que promete colocar nas prateleiras até o final de outubro.

Outros fabricantes, como LG e Samsung, planejam lançar apenas televisores Full-HD LCD com receptores embutidos até a data de estréia da TV digital, mas não têm planos de lançar conversores no mercado brasileiro. Já a Sony planeja oferecer receptores voltados apenas às TVs da sua marca de alta definição, excluindo aparelhos de outras marcas e TVs analógicas da sua estratégia.

IDG Now

Por: Redação

Tags: Mundo Digital