Campo

Representando a classe rural, os produtores Ludovico D´Allaqua Júnior e Gilcélio Nunes da Silva compõem a comitiva do prefeito, Raul Filho, em viagem à Itália, a partir deste sábado, 10. Os dois são beneficiários do Banco do Povo da Prefeitura de Palmas, sendo um produtor de alface hidropônica (cultivada na água) e o outro sócio de uma agroindústria de derivados de cana-de-açúcar e levam na bagagem a intenção de buscar investimentos e conhecimento técnico para melhoria do setor.

Para o olericultor Ludovico D’Allaqua Júnior a ida à Itália abre novas perspectivas de negócios. "Vamos em busca de novas tecnologias e equipamentos na área de hidroponia que possam aumentar a produtividade e otimizar os custos de forma a manter ou ampliar a qualidade final do produto", afirma o produtor. Outro setor de interesse de D’Allaqua é a exportação, neste segmento, sua intenção é trabalhar com ervas aromáticas e plantas medicinais, e ainda melão.

Sócio da agroindústria de rapadura e derivados da cana, "Pai & Filho", Gilcélio Nunes da Silva, também vai à Itália em busca de aprendizado e novos mercados. Silva trabalha no ramo de cana-de-açúcar há cinco anos em parceria com seu pai. "Nós já fornecemos rapadura para a merenda escolar de Palmas e desejamos ampliar nossos mercados. A idéia é exportar e levar a nossa rapadura para o mercado europeu", explica.

A missão de representantes da Prefeitura de Palmas à Itália tem como objetivo buscar subsídios junto aos órgãos, entidades e empresas italianas responsáveis por políticas públicas na área de produção e comercialização de produtos alimentares, visando novas perspectivas de exportação da produção local para a Comunidade Européia. A comitiva também buscará possibilidades de intercâmbio nas áreas cultural, social e de investimentos em agronegócios.

Perfil dos Produtores

Ludovico D’Allaqua Junior – Região Rural Santa Fé

– Produtor de alface hidropônica realiza pesquisas há 4 anos sobre a hidroponia e suas técnicas. Implantou, há cerca de 2 anos, 250 m² de área coberta de cultivo de alface hidropônica com capacidade para 150 pés/dia e hoje fornece a folhosa para 4 estabelecimentos comerciais da Capital.

Recentemente adquiriu recursos da ordem de R$ 5 mil, por meio do Banco do Povo da Prefeitura de Palmas, para ampliar e melhorar a área onde produz. Recebe ainda assistência técnica periódica de agrônomos da Secretaria Municipal da Agricultura e Desenvolvimento Rural, e participa de atividades, palestras e cursos oferecidos pela Pasta.

Gilcélio Nunes da Silva – Região São João

– Produtor de rapadura e outros derivados da cana como melaço, açúcar mascavo e garapa. A agroindústria de rapadura e derivados da cana "Pai & Filho" produz diariamente cerca de 150 kg de rapadura.

A agroindústria "Pai & Filho" fornece produtos para a Prefeitura de Palmas (merenda escolar) e para 12 supermercados da Capital, além da comercialização direta realizada nas feiras municipais.

Para a construção e aquisição dos equipamentos da agroindústria os produtores adquiriram empréstimo junto ao Banco do Povo da Prefeitura de Palmas no valor de R$ 15 mil.

Da readação com informações Ascop

Por: Redação

Tags: Palmas, agricultura, campo