Geral

A crise aérea voltou a tomar conta dos aeroportos neste final de ano. Embora a situação atual seja menos caótica do que em 2006, o que se viu no feriado de Natal foi uma série de pessoas nos saguões dos aeroportos à espera de vôos que estavam atrasados. Em entrevista à Agência Brasil, a presidente da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), Solange Vieira, afirmou que os problemas devem continuar no período de férias e alta temporada.

Para fugir dessa situação e ainda economizar com transporte durante as férias, o aluguel de veículos aparece como uma boa solução. De acordo com a ABLA (Associação Brasileira das Locadoras de Carro), além da comodidade, o Brasil é o país com a menor taxa de locação do mundo. O valor médio de uma diária de carro popular com quilometragem livre gira em torno de R$ 70, mas esse custo pode diminuir para R$ 40, se a pessoa quiser ficar com o carro por períodos mais longos.

Custo-benefício

Ainda segundo a associação, para quem quer viajar pelo País, a locação é mais vantajosa que a utilização de táxi e ônibus. "Quando o passageiro quer mudar de cidade com um táxi, a corrida fica muito cara. Para se ter idéia, quem sai do aeroporto de Guarulhos e quer ir para o centro de São Paulo gasta, em média, R$ 110, enquanto para alugar um carro popular com ar-condicionado por 24 horas e devolvê-lo na capital, a pessoa vai gastar em média R$ 75".

No comparativo com as viagens de avião, a locação também pode ser benéfica. Apesar de a passagem ser mais barata do que a locação, deve-se levar em conta que o carro ficará disponível, evitando os gastos com outros meios de transporte. "Se a pessoa viaja sem um carro, acaba gastando com táxi ou transporte público para se locomover no local. Com o carro, esses gastos são eliminados".

Na hora de alugar

De Acordo com a ABLA, alguns cuidados devem ser tomados antes de alugar um veículo. Confira:

Faça reservas, para eliminar o risco de não encontrar o veículo desejado;

Ao fazer sua reserva, informe a locadora sobre o modelo de carro que você deseja: tipo, ano de fabricação equipamentos opcionais etc. Como a frota das locadoras é diversificada, o cliente pode escolher o carro mais adequado às suas necessidades: um compacto para a cidade ou uma van para viagem com a família;

Avise sobre o período em que pretende utilizar o carro, a data da retirada e a data prevista devolução do veículo;

Defina o local de devolução: é possível alugar um carro em uma cidade e devolver em outra, caso a locadora seja da mesma rede. Se esta for a sua intenção, verifique, antes de alugar, a possibilidade de devolver na cidade desejada e se é cobrada taxa de retorno do veículo;

Verifique antecipadamente as exigências para locação, utilização, devolução, prorrogação de uso do veículo e rescisão do contrato;

Avalie custo/benefício: apesar de, na maioria das vezes, o aluguel de um carro ser mais vantajoso do que a contratação de um táxi, é sempre importante fazer as contas. Verifique antes o trajeto que você irá percorrer durante um determinado período e calcule os gastos;

Use cartão de crédito: para alugar um carro, você precisa ter cadastro na locadora. A apresentação de um cartão de crédito válido elimina esta exigência, tornando mais ágil o atendimento;

No site da ABLA, o link "Quer Alugar um Carro?" traz o contato de todas as locadoras associadas à entidade, em todo o país. Consulte!

 

Infomoney

Por: Redação

Tags: turismo