Geral

Foto: Elson Caldas

O lançamento da pedra fundamental de um frigorífico de pescado em Aliança do Tocantins anuncia um ano promissor para a industrialização do Estado. Na solenidade, nesta sexta-feira, 18, durante as festividades de comemoração dos 20 anos de emancipação política do município, o governador Marcelo Miranda (PMDB) reforçou o compromisso com o setor. "Mais uma vez quero reafirmar meu compromisso com a industrialização do Estado, de buscar (subsídios) onde for necessário, porque isso traz o que queremos: geração de emprego e renda", disse.

As obras de construção do frigorífico iniciam nos próximos 15 dias, com inauguração prevista para o início de 2009. Orçado em R$ 2 milhões, o empreendimento é fruto de parceria entre os governos estadual, municipal, federal e iniciativa privada. Segundo previsão do empreendedor, Edvaldo Martins, cerca de 160 empregos diretos e indiretos serão gerados no município. Estima-se uma produção de mais de duas toneladas de pescado e rentabilidade em torno de R$ 4 milhões anuais, de acordo com Martins.

O secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Sahium, destaca que o frigorífico vem agregar valor à grande quantidade de peixe produzida naturalmente no Estado. "Nós temos uma grande quantidade de matéria-prima e esse frigorífico vem trazer valoração, com emprego, inclusão social e melhoramento da qualidade do peixe", disse. O secretário da Indústria e Comércio, Eudoro Pedroza, acrescenta ainda o pontencial do Estado para a indústria pesqueira. "O Tocantins tem um grande potencial para viabilizar o cultivo de peixe e o governador está buscando resgatar esta oportunidade para trazer emprego para nossa gente", concluiu.

Moradias

O governador Marcelo Miranda entregou ainda 172 casas novas e reformadas e 40 cheques moradia à comunidade local e assinou ordem de serviço para pavimentação urbana e drenagem pluvial de 22 mil metros quadrados de ruas e avenidas da cidade, com investimentos de cerca de R$ 1 milhão, em parceria com as três esferas de governo.

Ao entregar a casa ao servente de pedreiro José Filho Martins de Araújo, de 20 anos, o governador fez questão de ressaltar que aquela era apenas a primeira chave de 2008. "A habitação foi um dos carros-chefes do nosso governo e, porque não dizer, do governo federal. Entendo que os recursos que temos alocados são muito importantes", disse. Ele assegurou que com os R$ 9,7 milhões liberados pelo governo federal este mês, inúmeras moradias serão entregues nos municípios, beneficiando diversos segmentos sociais, a exemplo das quebradeiras de coco, dos quilombolas.

"Os importantes benefícios entregues a Aliança são reflexo da sólida parceria com o governo do Estado. É uma parceria que dá certo", considera o prefeito Valter Araújo (DEM).

Prestigiaram o evento o presidente da Assembléia Legislativa, deputado Carlos Henrique Gaguim (PMDB), Josi Nunes (PMDB), Ângelo Agnolin (DEM), a vereadora de Palmas Edna Agnolin (PDT), prefeitos da região, secretários de Estado e autoridades locais.

Fonte: Secom