Geral

Foto: Divulgação

No Tocantins, as crianças estão começando a estudar um ano mais cedo, antecipando a alfabetização e acelerando todo o processo de aprendizagem. Como resultado, multiplicou-se o número de alunos matriculados no ensino fundamental no Estado. Em apenas um ano, entre 2006 e 2007, o crescimento foi de 92% - o maior percentual da região Norte e dos 10 maiores do país, segundo o Educacenso 2007, divulgado pela Secretaria de Educação Básica do MEC - Ministério da Educação, nesta terça-feira, 29.

O índice de crescimento das matrículas do ensino fundamental no Tocantins supera, em duas vezes, a média nacional (44,3%). Essa evolução foi iniciada ainda em 2005, quando o Estado antecipou, de sete para seis anos, a idade mínima para que os alunos se matriculassem na primeira série do ensino fundamental. Na época, o Tocantins contava com 12.151 alunos neste nível de ensino. Em 2007, o número de matrículas já era 20 vezes maior: 253.536.

Isso significa que a rede pública está dando oportunidade para que todas as crianças comecem a estudar antecipadamente, com uma proposta pedagógica adequada.

O governo do Estado criou uma proposta pedagógica da rede pública, investiu em capacitação de professores, adquiriu material pedagógico adequado às crianças com seis anos e abriu mais turmas de 1º ano do ensino fundamental. A intenção era se adequar às determinações da LDB - Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, aprovada no final de 1996.

Era uma mudança defendida pela maioria dos educadores. Segundo a secretária estadual da Educação e Cultura, Maria Auxiliadora Seabra Rezende, para o Tocantins a antecipação da entrada no ensino fundamental resultou em um melhor desempenho dos alunos, sentido já em 2007. Ela acredita que estes estudantes irão chegar ao 5º ano com maior domínio de leitura e escrita.

O levantamento pode ser encontrado no site do MEC: www.mec.gov.br

Fonte: Secom

Por: redação

Tags: Educação, Tocantins