Estado

O Tocantins vai contar em breve com um seqüenciador de análise genética forense, para exames de DNA. A compra do equipamento foi aprovada pelo Ministério da Justiça.

A solicitação do aparelho para o Laboratório do Instituto de Criminalística da Secretaria de Segurança Pública do Tocantins, foi encaminhada no ano passado pelo deputado Moisés Avelino, em audiência com o secretário Nacional de Segurança Pública, Luiz Fernando Corrêa.

O equipamento vai agilizar o trabalho do Instituto, nos casos de investigações criminais determinados pela justiça. Mas a Defensoria Pública espera também poder utilizá-lo na área cível, onde há cerca de oito mil processos de análise de DNA parados, inclusive, quanto à investigação de paternidade.

Atualmente a Polícia Técnico-científica dispõe de mais de 90% dos equipamentos necessários ao funcionamento do laboratório, cujo prédio, em Palmas, já se encontra disponível para receber o seqüenciador.

O aparelho, um analisador genético modelo Applied Biosystems 3130 com computador workstation para HID, nova geração de analisadores com 4 capilares para análise simultânea de 4 amostras e capacidade de leitura de até 5 fluorescências por amostra, vai permitir mais rapidez e precisão de leitura. O seqüenciador deverá chegar ao Estado ainda, neste primeiro semestre.

Da redação com informações Ascom Moisés Avelino

Por: redação

Tags: Estado, Moisés Avelino