Economia

Com sede em Uberlândia (MG) e 38 anos de atuação no Norte, Centro-Oeste e Sul do país, a empresa Cocal Transpotes escolheu o Tocantins para renovar sua frota de veículos, adquirindo 280 caminhões pesados no comércio local. Foi a maior venda de caminhões realizada pela montadora Iveco na América Latina, tornada possível graças aos incentivos fiscais oferecidos pelo governo do Estado. Por isso, a participação do governador Marcelo Miranda (PMDB) no evento de entrega dos veículos à transportadora mineira, nesta quarta-feira, 27, junto aos diretores da Iveco e de sua concessionária no Estado, a Navesa.

O diretor-comercial da Iveco no Brasil, Alcides Cavalcanti, deu a dimensão do negócio feito com a transportadora. “Essa venda, de tamanha expressão, é um divisor de águas para a Iveco no Brasil; um passo para que possamos conquistar a posição que já alcançamos no mercado europeu e em outros países”, disse. O diretor-presidente da Navesa, Alexandre Nunes, reforçou a afirmação. “A venda destes 280 caminhões é um orgulho para o Tocantins, para a Navesa e para a Cocal Transportes, porque é um marco histórico”, disse, agradecendo o apoio do governo do Estado nesta iniciativa.

A venda dos caminhões teve como incentivo do governo do Estado a redução da carga de ICMS em 4%, concedida por lei estadual. Mesmo com a redução, o Estado ainda arrecadou R$ 10 milhões de impostos na transação.

Durante o evento, Marcelo Miranda agradeceu à confiança dos empresários e destacou a mobilização do Estado na atração de investidores como forma de gerar empregos à população. Citou, inclusive, as viagens que deve fazer à China e aos Estados Unidos, este ano, para efetuar novos contatos com o empresariado. “Por onde passo, digo que no Norte do Brasil, na porta de entrada da região amazônica, tem um Estado participando dos grandes projetos de desenvolvimento do nosso país”, considerou Marcelo Miranda.

Iveco

A montadora automobilística Iveco possui 27 fábricas em 16 países e 4.600 concessionárias na Europa, Améria Latina, Ásia, África e Oceania. Está presente no Brasil há 10 anos e no Tocantins desde agosto de 2007, quando inaugurou sua primeira concessionária em Palmas, também com a presença do governador. Uma segunda unidade da empresa deve ser instalada em Araguaína.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Economia