Ciência & Tecnologia

No Brasil, a utilização do sistema de voz sobre IP vem aumentando gradativamente desde 2005, quando a tecnologia deu seus primeiros passos na América Latina. Segundo estimativa de um Estudo Internacional do Yankee Group, a Voz sobre IP deverá representar 11,2% do tráfego de telefonia fixa no país em 2009.

Atraídas pelo crescimento dessa modalidade de comunicação, muitas empresas brasileiras, que têm nos serviços de telefonia sua principal ferramenta de trabalho, apontam que as vantagens na adoção dessa tecnologia vão além da possibilidade de redução de custos. “O VoIP não é mais utilizado apenas para diminuir custos, e sim para aprimorar os processos de negócios, já que esta ferramenta facilita a comunicação, mobilidade, aproximação de pessoas e otimização de processos”, explica Alexandre De Vicenzo, administrador de rede do Consórcio Nacional Embracon, empresa que adotou este sistema de comunicação entre suas filiais.

Outra vantagem é a facilidade na logística em caso de mudança. No deslocamento de departamentos inteiros ou mesmo pequenas trocas de salas, o ramal IP pode ser transportado de um lugar para outro, sem alterar a fiação e a rotina de trabalho. Além disso, a empresa pode ampliar sua capacidade telefônica a qualquer momento, sem modificar o sistema já existente. “Adotamos esta tecnologia quando a empresa começou a expandir suas filiais. Ter uma infra-estrutura adequada é o principal ponto para o sucesso da implementação da telefonia IP”, afirma Vicenzo.

Apesar de o VoIP ser investimento de retorno comprovado, as empresas necessitam escolher parceiros em tecnologia capazes de integrar hardware e software, porque uma rede de voz sobre IP mal configurada resulta em perda de qualidade no áudio. “Em nosso sistema existe uma somatória de tecnologias que nos dão o suporte para a utilização da telefonia IP. Com isso, conseguimos centralizar a administração dos ativos de comunicação, além de solucionar problemas com administração e suporte”, finaliza Vicenzo.

Sebrae Tocantins

O Sebrae-Tocantins adotou o PABX Active IP, da Leucotron Telecom, para agilizar a comunicação com outras oito unidades a um custo reduzido. O produto mescla a tecnologia de telefonia convencional com a VoIP e permite que o sistema seja incorporado à estrutura física já existente na empresa. O Sebrae-TO conseguiu, através do produto, zerar o valor das ligações entre as unidades, que passaram a ser feitas através de ramais IP.

“Estávamos à procura de uma solução convergente, que integrasse IP, chamadas móveis, capacidade de roteamento dinâmico e controle por usuário. Optamos pela Leucotron pelo custo benefício, pois o equipamento possui as características e o preço que exigimos”, afirma Valdenir Borges Junior, gerente de Tecnologia da Informação do Sebrae-Tocantins.

O Sebrae-Tocantins possuía um PABX virtual e, para o usuário, a transição do antigo sistema para o novo foi transparente, sem alterações. A empresa também investiu em um novo plano de telefonia e, agora, aproveita ao máximo as menores tarifas das operadoras.

“O PABX IP da Leucotron tem se mostrado bastante eficiente, já que oferece economia e mobilidade, além de ter um serviço técnico de instalação e suporte de excelente qualidade. Com o melhor controle da utilização da telefonia no Sebrae-Tocantins, estamos trabalhando para uma redução na ordem de 40%”, afirma Borges.

Muitos especialistas afirmam que o sistema de comunicação usando voz sobre IP vai substituir totalmente a telefonia tradicional nos próximos anos. “A tecnologia VoIP avança rapidamente por diversos motivos, entre eles, a melhora na qualidade e o baixo custo das operações.

Da redação com informações: ITWEB

Por: Redação

Tags: Mundo Digital, Sebrae Tocantins, Voip