Palmas

O prefeito Raul Filho (PT) enviou na manhã de hoje (04/04) à Câmara Municipal Medida Provisória (MP) estabelecendo o aumento e benefícios concedidos aos servidores do Quadro Geral do Município. O presidente da Casa, Carlos Braga (PMDB), informou que a proposta contempla também os agentes de trânsito e os guardas metropolitanos.

Além dos 5% de reajuste, o prefeito concedeu gratificação de R$ 760,00 aos profissionais de nível superior. "Para quem ganha R$ 1.540,00, a gratificação representa um aumento de 50%", destacou Braga. Já os servidores que recebem até três salários mínimos farão jus a vale-alimentação de R$ 130,00.

Em quatro sessões extraordinárias realizadas na manhã de hoje, os vereadores aprovaram outro projeto do prefeito Raul Filho, desta vez concedendo Gratificação de Exercício Técnico (GET) aos servidos municipais ligados ao Crea/Confea. O projeto, que vai à sanção do prefeito, também cria os cargos de Técnico Eletricista e de Técnico em Segurança do Trabalho no quadro geral da Prefeitura.

O projeto de resolução da Mesa Diretora que aumenta em 8% o salário dos servidores da Câmara Municipal também recebeu aprovação na manhã de hoje. Em quatro anos como presidente, Carlos Braga deu cerca de 40% de reajuste salarial, como parte do seu programa de valorização dos servidores da Casa.

Edna Agnolin (PDT) parabenizou a todos os colegas da Casa, e em especial ao presidente Carlos Braga, pelo reconhecimento ao trabalho dos servidores do Legislativo Municipal. O vice-presidente da Casa, Alberto Guimarães Gordo (PT) disse que é gratificante essa contemplação do reajuste dos servidores.

Já os vereadores Ivory de Lira (PT) e José Damaso (PDT) ressaltaram que é impossível corrigir tudo de uma vez, mas isso já foi um grande avanço. "Temos votado muitos benefícios para os servidores desta Casa", disse Damaso, acrescentando que o prefeito estava fazendo o possível com esse reajuste.

O líder do governo na Câmara, vereador Rilton Faria (PT) destacou que a Prefeitura de Palmas é uma das poucas no Brasil que está enquadrada no PCCS (Plano de Cargos, Carreiras e Salários). "O auxilio alimentação para quem ganha até três salários mínimos foi muito importante", frisou.

Diretoria de Comunicação