Palmas

O novo Centro de Atendimento da Agência de Serviços Públicos (Agesp) será inaugurado nesse sábado, 28, juntamente com a entrega dos sete projetos do sistema de irrigação já instalados nos jardins da Capital. O evento, que contará com a presença do prefeito Raul Filho, começa às 12h, na sede da Agesp (próxima ao Rodoshopping).

O Centro de Atendimento foi totalmente reformado e ampliado. Foram construídas duas novas salas de reuniões, 12 salas administrativas, três novos banheiros, uma guarita, pavimentação do estacionamento externo e do pátio interno.

Também foram plantados jardins na área externa, com sistema de irrigação, que durante o evento será ligado, simbolizando a entrega dos sete projetos de irrigação realizados pela Agesp nos jardins, parques e praias de Palmas.

Palmas é a única cidade brasileira a utilizar esse sistema em seus jardins públicos. Segundo o diretor de Parques e Jardins do Município, Marcos Vargas, o sistema de irrigação da Capital é modelo para o Brasil. "O que implantamos em Palmas se assemelha ao que foi implantado na cidade de Orlando, na Flórida (EUA)", ressaltou Vargas.

Hoje, mais de 300 mil metros quadrados de jardins de Palmas já contam com esse sistema de irrigação, que é o escamoteável. O "canhão" fica escondido no subsolo e, ser acionada a bomba de irrigação os jatos d'água saem à superfície.

Os jardins das ruas, praças e praias de Palmas, que já contam com esse novo sistema, são regados duas vezes ao dia, atendendo assim a correta hidratação das plantas. Antes, esse trabalho era feito, em sua maioria, por carros-pipas, que acabavam danificando as plantas ornamentais, devido aos fortes jatos d'água.

De acordo com Mário Nania, chefe de gabinete da Agesp, com a utilização de carros-pipas, em seis meses, eram gastos aproximadamente 702 milhões de litros de água para molhar 1.100 metros quadrados de jardins. "Já com o sistema de irrigação, que deverá estar totalmente concluído até o final da gestão, as seis bombas de captação de água consumirão, em seis meses, 224 milhões de litros de água, para irrigar 350 mil metros quadrados", ressaltou.

O novo sistema de irrigação também trará uma significativa economia financeira para o Município. Com a utilização dos carros-pipas eram gastos anualmente aproximadamente R$ 2 milhões, para atender uma área de 1.100 metros quadrados. Já atual gestão gastará aproximadamente R$ 4,8 milhões, em dois anos e meio, para instalar todo o sistema de irrigação, que depois de implantado irrigará 350 mil metros quadrados e terá custos apenas com a manutenção, uma vez que a captação de água é realizada nos córregos da Cidade.

Localização dos sistemas de irrigação

Projeto-1:

Captação: ao lado da ponte da Av. Theotônio Segurado (região Sul - sentido Aeroporto), próxima à Universidade ULBRA, no braço do lago. Área irrigada nesta etapa: Avenida LO-27, da Theotônio Segurado até a última rotatória antes do viaduto da TO-010.

Projeto-2:

Captação: Lago do Parque Cesamar. Área irrigada nesta etapa: Avenida Jk, da NS-02 até a NS-06; Av. LO-01, da NS-02 até a NS-04; Av. LO-03, da NS-02 até a TO-010; Av. LO-05, da NS-02 até a NS-08; Av. NS-02, da LO-07 até a LO-01; Av. NS-04, da LO-07 até a JK; Av. NS-06, da LO-07 até a JK; Av. NS-08, da LO-05 até a JK.

Projeto-3B:

Captação: Ao lado da Ponte da Avenida Theotônio Segurado (região Norte – sentido ARNOS), próximo ao Banco do Brasil, no Córrego Sussuapara. Área irrigada nesta etapa: Av. LO-02, da NS-02 até NS-04; Av. Jk, da NS-06 até a TO-010; Av. NS-04, da LO-04 até a JK; Av. NS-06, da LO-04 até a JK; Av. NS-08, da LO-04 a JK.

Projeto-3A:

Captação: Ao lado da Ponte da Avenida Theotônio Segurado (região Norte – sentido ARNOS), próximo ao Banco do Brasil, no Córrego Sussuapara. Área irrigada nesta etapa: Av. NS-02, da LO-04 até o cruzamento a LO-01; Av. NS-01, da LO-04 até a LO-01.

Projeto-4:

Captação: Ao lado da Ponte da Avenida JK (região Oeste – sentido saída para Paraíso), próximo a EMSA. Área irrigada nesta etapa: Av. Jk, do início do Aterro da Ponte FHC até a NS-01; Av. LO-01, do cruzamento com a NS-01 até a NS-03; Av. LO-03, da Jk, até o cruzamento com a Avenida Contorno (Praia da Graciosa); Av. LO-04, da NS-01 até a NS-03; Av. NS-09, da LO-03 até a JK; Av. NS-01, da LO-01 até a LO-04; Av. NS-03, da LO-01 até a LO-04.

Projeto-5:

Captação: ao lado da ponte da Avenida Tocantins trecho Aureny III (região Sul – sentido aeroporto). Área irrigada nesta etapa: Av. Tocantins, trecho do Aureny I e trecho do Aureny III (sentido Aeroporto), do cruzamento com a Theotônio Segurado até o cruzamento com a TO-050.

Projeto-7:

Captação: final da Avenida Goiás. Área irrigada nesta etapa: Av. Goiás, da captação até o cruzamento com a TO-050; Av. Tocantins, do Trevo da TO-050 até o cruzamento com a Av. Taquaruçu.

Fonte: Ascop

Por: Redação

Tags: Agesp, Irrigação, Jardins, Palmas