Cultura

Foto: Adilvan Nogueira Apresentação de Zé Mulato e Cassiano Apresentação de Zé Mulato e Cassiano
  • Corpo de Jurados
  • Dupla Humberto e Lucimar
  • Paulo Freire e Luciano
  • Genésio Tocantins
  • Zé Mulato e Cassiano

As duplas Humberto & Lucimar e Paulo Freire & Luciano e o cantor Genésio Tocantins foram os selecionados na primeira eliminatória do Festival de Música Sertaneja do Tocantins, realizada no sábado, dia 11, na Avenida Beira Rio, em Porto Nacional. Os três selecionados concorerrão na grande final do Festival, a ser realizada no mês de dezembro, em Palmas.

Humberto e Lucimar representaram o município de Palmas e interpretaram a música “Jaçanã’, de autoria de Lucimar Pereira dos Santos. Lucimar e Paulo Freire, de Porto Nacional, apresentaram a composição “Pavio Curto”, de autoria de Luciano Freire de Andrade. Genésio Tocantins, representando também a Capital tocantinense, interpretou sua prórpia composição “Ser-tão Forte”.

A eliminatória de Porto Nacional contou com a apresentação de 20 músicas classificadas pela Comissão de Pré-Seleção do Festival formada pelos produtores culturais e radialistas, Rivaldo Corulli e Renato Corulli; o locutor e radialista Pedro Lopes (Pepê) e o radialista Luiz Carlos Ferreira (o Lula), nomeada através da Portaria 039 da Fundação Cultural do Estado.

A Comissão de Jurados foi composta pelo maestro e regente da Banda da Guarda Municipal Mestre Adelino de Porto Nacional, Manoel Messias de Lima; o maestro Fábio Aires Manduca; o radialista Luiz Carlos Ferreira (o Lula); o produtor cultural e radialista Arnaldo Pereira Logrado (Arnaldo Bahia). O presidente do Júri foi produtor musical, violeiro e compositor, Wolmi Batista da Silva, de Brasília-DF, que se mostrou satisfeito com a qualidade musical apresentada pelos artistas da região.

Prestigiada por um bom público, a eliminatória contou com a apresentação da dupla nacional, Zé Mulato & Cassiano, considerada uma das melhores duplas em termos de execução dos instrumentos (viola e violão), que encantou a comunidade de Porto Nacional e visitantes com clássicos como “A Espingarda”, marca de seus 78 anos de música caipira, raiz, sertaneja, cabocla ou regional. “É uma satisfação imensa cantar neste Festival porque é uma festa que traz a cultura e temos que preservar a cultura no nosso coração. Agradeço muito a Fundação Cultural do Estado, por esta oportunidade”, ressaltou a dupla durante sua apresentação.

Segundo o presidente da Fundação Cultural do Estado, Júlio César Machado, esta primeira eliminatória contou com a participação direta do público, que em bom número, prestigiou o evento que busca a valorização da música de raiz produzida em todo o Estado, mostrando o trabalho de artistas sertanejos e revelando novos talentos.

O evento em Porto Nacional contou com a presença do Secretário Municipal de Cultura de Porto Nacional, Wesley Rocha, representando o Prefeito Paulo Mourão, do presidente do Conselho Estadual de Cultura, Sérgio Lorentino, da Defensora Pública Geral do Estado, Estelamaris Postal, demais gestores de Cultura, artistas, jornalistas e comunidade.

Novas Eliminatórias

No dia 18 de outubro, a eliminatória do Festival acontecerá em Araguaína. No dia 15 de novembro, será realizada eliminatória na cidade de Natividade. A última eliminatória será no dia 22 de novembro, em Gurupi, e a grande final, acontecerá em Palmas, em data a ser definida. Em cada regional, serão classificados três candidatos para a final em Palmas, totalizando 12 artistas que farão parte da coletânea do Festival a ser gravada em CD. Os três primeiros colocados do Festival, receberão premiação no valor de R$ 10 mil, mais uma viola e um violão ROZZINI para o primeiro; R$ 7 mil mais uma viola ROZZINI para o segundo; e o terceiro, R$ 5 mil e um violão ROZZINI, além de troféus.

Fonte: Fundação Cultural

Por: Redação

Tags: cultura, Festival, musica, Porto Nacional