Estado

Foto: Lia Mara/Secom

O governador Marcelo Miranda assinou, nesta quinta-feira, 6, um manifesto aderindo à Campanha Nacional ‘Homens Unidos pelo fim da Violência contra a Mulher’. A campanha está sendo realizada pelo governo federal, por meio da SPM - Secretária de Políticas para Mulheres, e tem como objetivo a adesão dos homens na luta a favor do fim da violência contra a mulher.

“Lutar pelo fim da violência contra as mulheres deveria ser um dever de todos os homens. São elas (mães, irmãs, companheiras, filhas e amigas) que nos geram, amam, educam e é nossa obrigação retribuir com proteção e cuidado”, lembrou o governador, acrescentando ainda que “se tem algo de que o Tocantins se orgulha muito e que o Brasil e o mundo já reconheceram é a força de trabalho das nossas mulheres. A luta, a fibra, a capacidade de mobilizar suas comunidades e enfrentar grandes desafios”, finalizou.

A meta da campanha é colher no mínimo 500 mil assinaturas de homens, através do site www.homenspelofimdaviolencia.com.br , uma vez que a campanha é direcionada ao público masculino. Ao assinar a campanha, os homens se comprometem publicamente à contribuir com a execução da Lei Maria da Penha (11.340/06) e pela efetivação de políticas públicas que visam o fim da proteção da violência contra mulheres. Nomes como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o presidente do STF, Gilmar Mendes, entres outros políticos, artistas, e esportistas já aderiram à campanha. Desde o lançamento do site, em 31 de outubro, a campanha já recebeu quase 4 mil assinaturas.

Avanços

Compromissado em combater o crime contra a mulher e com o seu retorno sem traumas após a agressão ao convívio na sociedade, o governo do Tocantins entregou nos últimos meses dois centros de referência à mulher em situação de risco. Um em Augustinópolis, norte do estado, e outro em Natividade, região sudeste. Os centros contam com três tipos de atendimento, que englobam as áreas psicológica, social e jurídica.

Cedim

O Cedim - Conselho Estadual dos Direitos da Mulher, órgão vinculado à Seciju - Secretaria da Cidadania e Justiça, também realiza ações importantes na garantia dos direitos das mulheres tocantinenses. O órgão tem como objetivo promover a cidadania feminina e a eqüidade nas relações sociais de gênero, prestando assessoria aos órgãos do poder público, emitindo propostas e acompanhando a elaboração de programas e projetos desenvolvidos pelo poder público.

Importantes ações nesta área devem acontecer ainda este mês no Estado. O Cedim irá participar da Campanha do Laço Branco, que será realizada no período de 20 de novembro a 10 de dezembro, e da Campanha dos 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra a Mulher, que ocorrerá no período de 25 de novembro a 10 de dezembro.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Campanha, Cedim, Estado, Mulheres, STF, Violência