Estado

Foto: Andressa Figueiredo

Governo do Estado, fiscais e inspetores da Adapec – Agência de Defesa Agropecuária chegaram a um acordo. Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira, 12, na Casa Civil, Palácio Araguaia, o governo negociou um novo aumento salarial para a categoria – antes de 7,04% e agora de 7,54%, e a instituição do Redaf – Ressarcimento de Despesas de Atividade Fiscal no percentual de 10% (fixos) no salário inicial de cada cargo.

O aumento passa a valer a partir de 1º de janeiro de 2009. O benefício do Redaf não estava na pauta de reivindicações da categoria, mesmo assim, o governo o concedeu, como forma de valorização desses profissionais. O Projeto de Lei que regulamenta o aumento de 7,54% seguirá para aprovação da Assembléia Legislativa ainda este ano. Já o que instituirá o Redaf será encaminhado em fevereiro, mas terá efeito retroativo a 1º de janeiro.

O percentual concedido foi calculado com base no INPC - Índice Nacional de Preço ao Consumidor. Os servidores da Adapec foram representados pelo presidente do Sisepe - Sindicato dos Servidores Públicos no Estado do Tocantins, Cleiton Lima Pinheiro.

Outros ganhos

Além do acordo fechado nesta sexta, o governo já havia concedido uma redução na carga horária para os fiscais de barreiras, de 10 para 7,5 dias, que entrou em vigor já neste mês de dezembro. Houve ainda a abertura de vagas, por meio de concurso, reivindicada pela categoria e já concedida pelo governo, uma vez que a quantidade de vagas disponibilizada no concurso para o Quadro Geral (150 para fiscais agropecuários e 105 para inspetores agropecuários) será suficiente para suprir a demanda do órgão.

Investimentos

Quanto às condições de trabalho com relação à estrutura física no campo, foi definido, anteriormente, que as demandas que surgirem serão atendidas, assim como tem ocorrido nos últimos anos. Somente neste ano de 2008, por exemplo, foram aplicados mais de R$ 8,5 milhões na manutenção da sanidade agropecuária tocantinense.

Também participaram da reunião, que definiu o acordo com o Sisepe, a secretária-chefe da Casa Civil, Mary Marques de Lima; o secretário de Planejamento, José Augusto Pires de Paula; o subsecretário de Planejamento, Claudinei dos Santos Dourado; a secretária da Administração, Sandra Cristina Gondim; o presidente da Adapec, Humberto Viana Camêlo; o diretor sindical de base na Adapec, Wiston Gomes Dias; e o inspetor agropecuário e membro da comissão de negociação, José Emerson Cavalcante.

Fonte: Assessoria de Imprensa Adapec

Por: Redação

Tags: Adapec, Estado, Fiscais, Sisepe