Geral

Foto: Luzêni Neres

O prefeito eleito de Gurupi, Alexandre Abdalla (PR), tomou posse ontem às 13h em Gurupi. Além das autoridades, como deputados estaduais e federais, o prefeito contou com a presença dos prefeitos, Paulo Tavares (PR) de Paraíso do Tocantins e Raul Filho (PT) de Palmas.

Abdalla participou da posse de Paulo Tavares e logo em seguida foi para Palmas para também prestigiar a posse de Raul Filho. Quem também marcou presença foi o Prefeito eleito da cidade de Formoso do Araguaia, Pedro Rezende e o secretariado de Abdalla.

No seu discurso Abdalla fez questão de agradecer à sua família, à mesa composta de autoridades políticas estaduais, federais e municipais, aos presentes, às crianças e, principalmente, aos vereadores citando seus nomes e sua relação com eles.

Abdalla garantiu que seu governo será progressista e se emocionou ao falar de sua vitória e suas propostas para a cidade, destacando que Gurupi nunca parou, ao contrário do que era dito em campanha eleitoral.

Durante a posse do prefeito Alexandre Abdalla e seu vice Carlos Barcelos que destacou as parcerias que serão buscadas para a cidade, também foram empossados os novos vereadores que após a posse seguiram para a Câmara Municipal para elegerem o novo presidente da Casa.

Vereadores elegem Presidente

Os vereadores de Gurupi elegeram presidente da Câmara Municipal para o primeiro ano de mandato. Jonas Barros foi vitorioso contra Cabo Carlos (PT) após um empate técnico em duas votações, onde prevaleceu sua idade.

Antes de iniciar a votação que foi comandada pelo então vereador Maurício Nauar, a vereadora Marta Barbosa leu um comunicado dos deputados estadual e federal, Ângelo Agnolim e João Oliveira, ambos do Democratas ao vereador Marcão do Povo que também faz parte do partido.

No comunicado os deputados pediam para que Marcão do Povo votasse em Cabo Carlos. A Câmara Municipal de Gurupi, na teoria, tinha seis vereadores de oposição e quatro da situação, mas com o voto contrário de Marcão, a votação ficaria empate, elegendo então, o candidato mais velho.

Em resposta ao comunicado, o vereador disse que durante sua campanha eleitoral não contou com a colaboração de seu partido e que seu voto estaria aberto. Apesar de ser do partido de oposição, Marcão decidido em apoiar a situação, ficou com a decisão da eleição em suas mãos.

Além do presidente da Câmara, os vereadores também elegeram a mesa diretora da casa que, ficou com: Marcão do Povo como vice-presidente; Marta Barbosa, como 1ª Secretária; Professora Zenaide, como 2ª Secretária; Maurício Nauar, como 1º Suplente; Vereador Dinda, como 2º Suplente.

A Comissão de Legislação, Justiça e Redação Final ficou com Cabo Carlos, como presidente; Maurício Nauar, como relator; Denes Teixeira, como membro e Marcão do Povo, como Suplente.

Já a Comissão de Finanças, Orçamento e Fiscalização tem Wanda Botelho, como Presidente; Kita Maciel, como relator; Dinda, como membro e Marcão do Povo como Suplente.

Fonte: Assessoria de imprensa