Meio Ambiente

Foto: Divulgação

Após dois meses de cuidados especiais, os 136 papagaios aprendidos em novembro do ano passado pelo Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins e agentes da Polícia Rodoviária Federal, em Alvorada, serão devolvidos à natureza. A soltura será nesta terça-feira, 13, às 10h, na chácara Janarissa, localizada no município de Porto Nacional, a 60 quilômetros de Palmas.

Os papagaios, juntamente com 972 curiós, estavam sendo transportados em um ônibus em condições desfavoráveis, onde foram encaminhados a Palmas. Os curiós foram logo em seguida reintroduzidos na natureza, por não apresentarem nenhum desgaste no transporte, já os papagaios, ainda filhotes, foram levados à chácara Janarissa para receberem cuidados até estarem aptos à soltura.

Sob a responsabilidade do criador conservacionista Antônio Rego Barros, que desenvolve há cerca de 20 anos trabalhos de recuperação de aves, os papagaios permaneceram em local próprio para a reabilitação, onde receberam alimentação e cuidados específicos. Já a soltura, segundo o criador, será conforme a condição do animal, sendo que aqueles que não se mostrarem aptos ao ambiente natural permanecerão alojados e em processo de reabilitação.

Apreensão

Segundo relatório da Diretoria de Fiscalização, os papagaios e os curiós foram capturados nos estados do Tocantins e Maranhão, para serem comercializados ilegalmente em São Paulo, Goiás e até mesmo no exterior.

Ainda conforme o relatório anual de fiscalização, em 2008, por meio das 15 unidades regionais, o Naturatins apreendeu mais de 2 mil animais silvestres em cativeiro, dentre eles 1.567 aves, a maioria no município de Alvorada, infrações que implicaram em um milhão de reais em multas.

Fonte: Naturatins