Estado

Foto: Divulgação
  • Dorival e governador Marcelo Miranda durante inauguração de obra - Foto - Secom
  • Foto - wanderley Lima

O secretário da Fazenda do Estado do Tocantins, Dorival Roriz Guedes Coelho, faleceu na madrugada deste sábado, 31, por volta das 4h40 em Goiânia na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital e Maternidade Fêmina, onde estava internado. Roriz teve falência múltipla de órgãos, em virtude de complicações pós-operatórias. Ele havia sido submetido a uma cirurgia bariátrica, para redução do estômago.

A entrada do secretário no hospital se deu na segunda-feira, 26. Durante o procedimento cirúrgico, os médicos teriam identificado aderências no intestino (clique) de Roriz e realizaram uma cirurgia corretiva. O secretário teria sofrido infecção generalizada após o procedimento.

Segundo informação publicada em O Jornal online o governador Marcelo Miranda (PMDB), que desde ontem está na capital goiana acompanhando os acontecimentos, disse que “mais do que um Secretário de Estado e um gestor público eficiente, eu perdi um irmão”.

Ainda segundo o jornal o governador estava com a voz embargada e os olhos marejando de lágrimas na manhã deste sábado quando deu a declaração.

O novo presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Severiando José Costandrade de Aguiar, afirmou através de nota que Roriz foi "um profissional diferenciado, extremamente focado na ética e na eficiência em todas as suas ações em favor da sociedade para a qual trabalhava. Também como amigo ele deixará muitas saudades".

O corpo de Dorival Roriz será velado no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia, para onde será levado por volta do meio e onde será enterrado na tarde deste sábado às 18 horas. Em Palmas, às 17h, será realizada na Casa de Maria (210 sul) uma missa em memória do secretário.

Perfil

Dorival Roriz Guedes Coelho, 46 anos, era natural de Goiânia (GO), filho de Joaquim Guedes de Amorim Coelho e Mirna Roriz Coelho. Era casado com Maiza Lessa Roriz Coelho e pai Renata e André. Assumiu a Secretaria Estadual de Fazenda em janeiro de 2005, sendo uma das mudanças de secretários que à época precedeu o rompimento do governador Marcelo Miranda com o grupo político da União do Tocantins (UT), liderado pelo ex-governador Siqueira Campos.

Graduado em Economia, pela Universidade Católica de Goiás, com especialização em Master Business Administration e em Gestão Empresarial pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, foi diretor comercial da empreiteira Empresa Sul Americana de Montagens (Emsa). De 1999 a 2000 atuou como diretor-presidente da Orla Participações e Investimentos S/A e se destacou também enquanto diretor da presidência da Companhia de Saneamento do Tocantins (Saneatins).

Atualmente Dorival Roriz Guedes Coelho era também presidente da Agência de Fomento do Estado do Tocantins, que tem o objetivo de incrementar o desenvolvimento sócio-econômico do Estado, financiando projetos de geração de emprego e renda. Estava no cargo desde junho de 2005

 

Da redação com informações Secom e O Jornal 

Por: Redação

Tags: Dorival Roriz Guedes Coelho, Estado, Luto