Campo

A Conab vai fazer o primeiro pagamento de subvenção a produtores extrativistas dos estados do Amazonas, Maranhão e Acre, nesta segunda-feira, 27. O evento que vai contar com a presença do presidente Lula, será realizado em Manaus, no Centro Cultural Povos da Amazônia.

Uma das entidades beneficiadas pelo programa, a Associação de Produtores Rurais Extrativistas do Amazonas, que tem 20 produtores filiados, vai receber cerca de R$ 22 mil reais. No total, mais de 300 pessoas que vivem da extração de borracha natural, açaí, babaçu e pequi, filiados a associações e cooperativas nestes estados, disporão de cerca de R$ 100 mil do Programa de Comercialização de Produtos Extrativistas, executado pela Conab.

Os recursos são da Política de Garantia de Preços Mínimos (PGPM), do Governo Federal, com participação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Os estudos de cadastramento e identificação de locais de atuação são subsidiados pelo Ministério do Meio Ambiente à estatal.

O objetivo das ações é manter o homem da floresta na região, garantindo-lhe renda proveniente da extração, de forma sustentável. Os preços mínimos do quilo de cada produto definidos para região e com base nos quais são calculadas as subvenções são os seguintes: açaí R$ 0,61, babaçu R$ 1,46, borracha natural R$ 3,50, pequi R$ 0,21, piaçava R$ 1,07 e castanha-do-brasil R$ 1,05.

Fonte: Conab

 

Por: Redação

Tags: Conab, Extrativismo, campo