Geral

Foto: Divulgação Caixas de água mineral da Saneatins, que diz não apoiar manisfestação de cunho político Caixas de água mineral da Saneatins, que diz não apoiar manisfestação de cunho político

O vereador Bismarque do Movimento (PT) está patrocinando a manifestação dos estudantes que estão acampados em frente ao Paço Municipal de Palmas, contra o aumento da passagem do transporte coletivo na capital. Segundo Cida Glória, presidente do Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal do Tocantins (UFT) o vereador tem apoiado e fornecido água mineral da Companhia de Saneamento do Tocantins (Saneatins) para os estudantes.

O Conexão Tocantins levantou que esta água geralmente é fornecida gratuitamente pela empresa em determinadas ocasiões, através de pedido oficial. Segundo a assessora de imprensa da Saneatins, Jesuita Silva da Costa, o fornecimento da água, que é envazada artesanalmente, se dá para órgãos públicos, principalmente os do governo do Estado, quando vão fazer algum evento, ou para igrejas quando realizam encontros. A assessoria da Saneatins informou que existe uma preocupação por parte da empresa para que não patrocine ações de cunho político. Segundo a assessoria a água não saiu de lá para este tipo de manifestação e eles vão descobrir como a água foi fornecida para este fim.

Bismarque afirmou ao Conexão Tocantins que está sendo solidário e o que os estudantes precisarem ele estará à disposição, “hoje eles pediram água e a gente conseguiu doação com alguns companheiros”. Segundo Bismarque os estudantes ainda não pediram auxílio alimentação, mas se pedirem ele vai apoiar. “O que eles precisarem da gente, de transporte, de apoio da nossa assessoria estamos à disposição”.

A Saneatins foi criada em 25 de abril de 1989 e desde 1998 é uma empresa de economia mista que funciona em sistema de Parceria Público-Privada, sendo que 76,5% de suas ações pertencem a Emsa - Empresa Sul-Americana de Montagem S/A, 23,4% ao Estado e 0,0048% a outros acionistas.

Audiência Pública

Bismarque afirmou que está tentando ver a possibilidade de construir uma audiência pública com a participação do prefeito, das empresas do transporte coletivo, da Câmara Municipal de Palmas, dos representantes dos usuários e do Ministério Público. “Como é uma concessão pública esperamos reunir todos estes parceiros para debater não só com o prefeito mas com todos os envolvidos”.

O vereador informou que se os estudantes o convocarem ele vai participar da audiência com o prefeito na segunda-feira. Ele disse que o prefeito Raul Filho (PT) sabe de seu apoio à manifestação dos estudantes pois teria sido informado por sua assessoria (do vereador).

Manifestação

Participam da manifestação os DCE’s da UFT, ULBRA, Faculdade Objetivo, Universidade Católica, UNE e secundaristas, alem de uma parte da UEE - União Estadual dos Estudantes. A presidente do DCE -UFT informou ao Conexão Tocantins que a manifestação não é relacionada aos benefícios dos estudantes, mas para a sociedade em geral.

A Agência de Trânsito, Transporte e Mobilidade (ATTM) informou nesta segunda-feira que 7.500 estudantes são beneficiados com transporte gratuito em Palmas (veja matéria).

(Umberto salvador Coelho)