Esporte

Foto: Divulgação

Para promover o estado do Tocantins como a 7ª maravilha da Amazônia e sabendo da importância do ecoturismo sustentável, o Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins é um dos órgaos parceiros na realização do “Brasil Wild Extreme – a Corrida da Sustentabilidade”, um dos maiores eventos de esportes de aventura do país. A prova iniciada nesta segunda-feira, 8, prossegue até domingo, 14, no Jalapão e em Palmas.

No sábado, 06, os organizadores da corrida apresentaram as características e o percurso da competição durante coletiva à imprensa local e nacional. Participaram da coletiva o presidente do Naturatins, Marcelo Falcão Soares; a presidente da Adtur - Agência de Desenvolvimento Turístico do Tocantins, Regina Reis; e o diretor de provas do evento.

Durante a coletiva, Falcão disse que o principal requisito para a realização da competição foi a preservação do meio ambiente e a sustentabilidade da região. O presidente destacou que não haverá impactos ambientais, pois o licenciamento ambiental foi feito dentro das normas legais vigentes e que uma equipe de técnicos da gerência do Parque Estadual do Jalapão vai acompanhar toda a prova. “A realização de eventos com propostas sustentáveis é economicamente viável para o Estado. Em relação à preservação do meio ambiente essa corrida servirá de exemplo para outras competições”, afirmou Falcão.

Para a realização da prova, o governo do Estado determinou aos organizadores que a mão-de-obra local fosse aproveitada na organização da prova. Com isso, 90 pessoas estarão trabalhando e recebendo qualificação técnica. A organização da competição vai fazer, ainda, a doação de equipamentos para subsidiar a pesquisa de preservação do pato mergulhão, espécie que corre risco de extinção e é encontrado na região do Jalapão.

Fonte: Ascom Naturatins