Polí­tica

Foto: Koró Rocha

A antiga luta do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Carlos Henrique Gaguim (PMDB), em favor da categoria dos policiais e bombeiros militares do Tocantins, foi reconhecida, no plenário da Casa, na manhã desta terça-feira, dia 9, por parlamentares da situação e da oposição, como da líder do governo Josi Nunes (PMDB), Marcelo Lelis (PV) e Stalin Bucar (PSDB).

A primeira a manifestar opinião favorável às iniciativas de Carlos Gaguim pela classe foi a deputada peemedebista. Ela lembrou que o empenho do atual presidente do Parlamento foi fundamental para a recente conquista dos militares. “Sou testemunha da luta de Gaguim pelos militares. O interesse dele para a inclusão de recursos no Plano Plurianual 2008-2011 foi muito importante para viabilizar o acordo para o pagamento das indenizações”, destacou a líder do governo.

Os oposicionistas também reconheceram o apoio de Carlos Gaguim durante a longa fase do trâmite das negociações do processo indenizatório. Lelis lembrou a mobilização do chefe do Legislativo na questão. “Quero deixar claro meu reconhecimento e respeito pela luta histórica do presidente da Assembléia”. Marcelo Lelis ressaltou que se envolveu na demanda recentemente, a partir desse ano. ”Não podem ser discutidos os méritos de Gaguim nessa conquista”, declarou.

O coro foi engrossado pelo deputado Stalin que salientou que o presidente “foi o capitão do processo”. O parlamentar tucano mencionou a luta de quase dez anos de Gaguim pela categoria militar, da qual afirmou ser testemunha. “Temos que dar a César o que é de César”, ilustrou.

Fonte: Dicom/AL