Palmas

Foto: Divulgação

O Festival Sesi Bonecos em Palmas foi um sucesso. Durante os dois dias de festival passaram pelo evento aproximadamente 35 mil pessoas, superando a expectativa dos organizadores que era de 30 mil pessoas.

A abertura contou com o desfile dos bonecos de Olinda e de um dragão formado por 40 pessoas que encantou o público, todos embalados pela música de frevo do grupo local “Orquestra Cenário”. Cerca de 4 mil pessoas conferiram a exposição de bonecos da companhia Giramundo

De acordo com Yana Santos, gerente operacional do Sesi Palmas, o Sesi oportunizou a população de Palmas a participação em um evento cultural de renome internacional, inserindo a capital no calendário dos grandes eventos que o Sesi realiza. “Foram dois dias de muita diversão tanto para adultos como as crianças, um evento sadio pra toda familia, esse é um grande passo na busca pelo enraizamento de ações culturais no Estado”.

No último dia de apresentações o público teve uma surpresa com a participação do grupo local de teatro de bonecos “Trupe Boi do Sol”. “Estamos começando com o trabalho de bonecos trabalhamos com várias técnicas e estamos em processo de pesquisa. É uma satisfação participar de um festival de tanto prestigio como o Sesi Bonecos”, comentou Renato Moura integrante da trupe.

Foram mais de 15 apresentações, distribuídos entre palcos gigantes, um mini-circo e tendas . Dentre os vários espetáculos apresentados o espetáculo Mamulengo Riso do Povo apresentado pelos mestres mamulengueros Zé de Vina e de Garanhuns, levaram um pouco da cultura pernambucana apresentando estórias ao passo de muita música de raiz e com uso de mamulengos produzidos por eles.

O público pode conferir também grupos como XPTO, Giramundo, Lumbra Teatro de Animação, Anima Sonho, Trip Teatro de Animação e o espetáculo de miniaturas do grupo Gente Falante

O Festival Sesi Bonecos é um dos maiores espetáculos de teatro de bonecos do mundo, promovido pelo Serviço Social da Indústria (SESI) Departamento Nacional em parceria com os Departamentos Regionais.

O projeto tem o objetivo de apresentar os mais destacados nomes da arte de manipulação de bonecos do Brasil e contemplou ainda a realização de oficinas de construção de bonecos direcionada a marionetistas, animadores, artistas plásticos e interessados em bonecos e teatro em geral. Apresentando o processo de criação de um boneco, abordando o processo que vai da concepção ao acabamento, com ênfase na variedade de soluções plásticas e detalhamento das estruturas internas das técnicas tradicionais (luva-marote, vara, tringle, fio, balcão e habitáveis).

Fonte: Assessoria de Imprensa Fieto

Por: Redação

Tags: cultura, Palmas, sesi