Geral

Foto: Antonio Gonçalves

O prefeito de Palmas, Raul Filho, juntamente com o Comandante da Guarda Metropolitana e o Secretário Municipal de Educação, Danilo Melo, assinaram na manhã desta segunda-feira, 24, um termo de cooperação entre as pastas para ampliação do Programa Guardião Escolar. De acordo com o documento estão previstas mudanças como a expansão a todas as unidades de ensino municipais, a aquisição de novos equipamentos e viaturas entre outras.

“Os guardiões não são apenas instrutores, são amigos presentes diariamente na escola, que dialogam com as crianças e lhes transmitem segurança”, frisou Raul Filho, acrescentando que a Prefeitura fará o que estiver ao seu alcance para ampliar e criar instrumentos que facilitem o trabalho destes profissionais.

O comandante da GMP, Tenente Cel. Benvindo, destacou os números de atendimentos realizados pelos guardiões. “De janeiro a junho tivemos 1603 ocorrências e a presença do guardião foi fundamental para que nada mais grave ocorresse. Nós queremos que este número seja cada vez menor. Nosso foco principal é a prevenção e o resguardo da segurança de cada criança e profissional que atua nas escolas.” Concluiu.

Para o secretário de Educação, Danilo Melo, trata-se de uma ação que tem um reflexo muito positivo na vida das crianças. “Tudo o que oferecemos para as crianças elas devolvem para a sociedade. Se passamos segurança a elas, lições de cidadania, respeito ao próximo e ao bem público com certeza teremos uma sociedade melhor no futuro”, enfatizou.

Sobre a aquisição de equipamentos de segurança eletrônicos, como câmeras de vídeo, Melo, exemplificou com duas unidades que já possuem estas ferramentas. “As escolas Darci Ribeiro e Santa Bárbara instalaram câmeras de segurança e hoje tem índices reduzidos de vandalismo e violência em suas dependências”, declarou.

90 vigilantes que atuam em escolas municipais já foram capacitados para atuar em parceria com o Guardião Escolar. Esta capacitação também faz parte da ampliação do programa. Nas aulas, os vigilantes aprenderam sobre medidas preventivas para proteção à integridade física das pessoas e do patrimônio público, educação e defesa pessoal, noções de primeiros socorros, noções elementares de legislação, relações humanas e coordenação.

O termo de cooperação foi assinado durante o momento cívico com alunos e equipe diretiva da Escola Municipal Henrique Talone Pinheiro.

O programa

Atualmente, o Guardião Escolar desenvolve ações em 10 escolas, com um universo de cerca 8 mil alunos. Com a ampliação, o programa será estendido a todas as unidades municipais de ensino, que também passarão a contar com equipamentos eletrônicos e câmeras de vigilância, além de rádios de comunicação interligados com as viaturas da GMP. Outra mudança prevista no Termo é a aquisição de novos equipamentos e viaturas para uso dos guardiões.

Fonte: Ascop