Geral

A Federação das Indústrias do Estado do Tocantins – Fieto, através do Senai, e o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Educação e Cultura - Seduc lançam nesta quarta-feira, 26, às 19h30, no auditório do Palácio Araguaia em Palmas, o projeto Tocantins Profissionalizado.

A iniciativa, que consiste na qualificação profissional de alunos do ensino médio da rede pública estadual, terá como foco central as comunidades com pouca escolaridade e de baixa renda. Estão previstas o desenvolvimento de estratégias inovadoras de gestão e operação de programas de educação profissional para proporcionar a jovens e adultos, acesso ao mercado de trabalho com a qualificação adequada.

O plano de produção inicial do projeto contempla um período de 16 meses de trabalho, de setembro de 2009 a dezembro de 2010, com o objetivo de realizar 1.232 turmas de cursos de qualificação profissional, de 160 horas cada, formando 24.640 jovens no estado, que estejam cursando o ensino médio nas escolas da rede pública.

A primeira fase do programa iniciará ainda neste ano, com a realização de 80 turmas em 20 municípios, formando 1.600 jovens. Os municípios contemplados em 2009 serão: Araguaina, Araguatins, Augustinópolis, Tocantinópolis, Xambioá, Colinas do Tocantins, Guaraí, Pedro Afonso, Miranorte, Miracema do Tocantins, Paraíso do Tocantins, Palmas, Porto Nacional, Brejinho de Nazaré, Gurupi, Arraias, Natividade, Peixe, Alvorada e Dianópolis.

Em 2010, serão priorizadas as ações itinerantes em sistema de rodízio dos conjuntos didáticos previstos, o que dará ao projeto sua plena capacidade de atendimento.

O Tocantins Profissionalizado oferecerá 19 cursos, entre eles mecânica de manutenção de motocicletas, costureiro industrial, pedreiro, carpinteiro de formas, operador de micro computador e instalador hidráulico, entre outros.

O projeto também conta com o apoio das Secretarias Estaduais de Ciência e Tecnologia, da Indústria e Comércio, do Trabalho e Desenvolvimento Social e da Juventude.

Fonte: Assessoria de Imprensa Fieto