Geral

O cancelamento de uma turma da Educação de Jovens e Adultos (EJA), no Assentamento São João, provocou debate na Câmara Municipal sobre o sistema de educação no campo em Palmas.

Para o vereador Bismarque do Movimento (PT) a educação rural é uma ferramenta para diminuição das desigualdades e a implantação em Palmas de projetos do Governo Federal como o Pró-jovem Adolescente e o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA) são ferramentas para aquisição de verbas para investimento na construção de uma escola rural que capacite o agricultor tecnicamente.

Para o vereador políticas de permanência das pessoas no campo são fundamentais para a melhor distribuição de renda. Bismarque defende também que, impulsionar a agricultura familiar e a produção de cooperativas rurais “contribuem para que a comunidade rural não tenha que abandonar o campo e ocupar os bolsões de pobreza nas cidades” argumenta.

Fonte: Assessoria de Imprensa Bismarque