Estado

Foto: Luciano Ribeiro

O governador interino do Tocantins, Carlos Henrique Gaguim (PMDB), efetuou a nomeação de quatro novos secretários estaduais, dois subsecretários, cinco presidentes de autarquias, um vice-presidente e uma superintendente, em solenidade nesta sexta-feira, 11, no Palácio Araguaia, em Palmas.

Os novos integrantes do governo estadual são: Secretaria Estadual da Cidadania e Justiça, Carlos Alberto Dias de Morais; Secretaria Estadual de Trabalho e Desenvolvimento Social, Dolores Nunes; Secretaria Estadual de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Eduardo do Dertins; Secretário-chefe do Gabiente do Governador: Raimundo Bonfim Coelho; subsecretário estadual de Administração, Cezarino Augusto César Pereira Sobrinho; subsecretário estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social; Jediel Alves Lima; Adapec – Agência de Defesa Agropecuária, Alberto Mendes da Rocha; Dertins – Departamento de Estradas de Rodagens do Tocantins, Paulo Roberto Vilela; Igeprev – Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins, Sérgio Rodrigo do Vale; Jucetins – Junta Comercial do Tocantins, Vilmar Alves de Oliveira; Unitins - Fundação Universidade do Tocantins, Osmar Nina Garcia; vice-presidente do Detran, Délio Rubens Rosa; superintendente do Plansaúde, Sandra Cristina Gondim.

Com as nomeações desta sexta-feira, 11, já são 32 os novos integrantes do governo estadual, entre secretários, subsecretários, presidentes de autarquias e superintendentes. O governador Carlos Gaguim disse que o secretariado representa um governo de coalizão, com representantes de praticamente todos os segmentos políticos e cobrou unidade da equipe em prol do povo do Tocantins. “Conclamo a cada um de vocês para que possamos não ter siglas partidárias na administração, onde todos possam estar imbuídos de um projeto de construção, para dar credibilidade às pessoas que querem investir no Tocantins. Todos são secretários do povo do Tocantins”, discursou o governador.

Segundo o presidente interino da Assembleia Legislativa, deputado Júnior Coimbra, o governador Carlos Gaguim tem atuado como conciliador. “Todos achavam que o governador Gaguim iria fazer uma caça às bruxas, que seria um inimigo do governador anterior. Mas estamos vendo uma cena totalmente diferente, com um governador centrado, mantendo em algumas pastas seus antigos titulares, fez alterações em outras e assim fazendo o governo mais heterogêneo que o Tocantins já viu”, disse.

Uma das novas empossadas, a secretária estadual do Trabalho e Desenvolvimento Social, Dolores Nunes, disse que está avaliando a situação da pasta e dentro de 48 horas entregará o resultado ao governador. “Já tenho conhecimento de cerca de 80% da problemática da Secretaria, ela está bem, o problema maior que vamos nos debruçar é o Pioneiros Mirins. A nossa intenção maior é trabalhar para implementá-lo para atender melhor os que mais precisam”, afirmou.

Já o novo reitor da Unitins – Fundação Universidade do Tocantins, Osmar Nina Garcia, assegurou que vai trabalhar para resolver a situação da instituição perante o MEC – Ministério da Educação e garantiu que os estudantes não serão prejudicados. “Vamos trabalhar para que a Unitins retorne de fato à condição de instituição que faz parte da história do Tocantins, porque ela pode prestar um serviço muito grande para a formação de cidadãos, que é o que nosso Estado precisa”, disse.

Siafem

O governador Carlos Henrique Gaguim reforçou o seu compromisso com a transparência nas ações do governo estadual ao comentar o Decreto que regulamenta o acesso pelos deputados estaduais ao Siafem – Sistema Integrado de Administração Financeira para Estados e Municípios. “É para que a sociedade possa ter transparência e olhando as contas, assim como os deputados possa acompanhar as contas de cada secretaria, o que está gastando, quanto e como se está gastando. Pedi também ao Tribunal de Contas do Estado e ao Tribunal de Justiça e o procurador do Estado para que acompanhe todas as licitações realizadas pelo Estado, para que essas licitações não possam ser questionadas no futuro”, afirmou.

Segundo o Decreto que regulamenta o acesso ao Siafem, os deputados terão acesso ao sistema, mediante cadastro com senha pessoal e intransferível, que registrará o nome do usuário, com seu CPF, local onde está lotado, data e hora do acesso, número do terminal onde foi acessado e as informações consultadas. O controle de acesso à senha do Siafem é liberado mediante assinatura de termo de compromisso e responsabilidade e os deputados com acesso responderão em todas as intâncias pelas consequencias das ações resultantes do acesso ao sistema.

O governador também determinou a proibição do cancelamento ou retirada de multas de trânsito aplicadas a condutores infratores no Tocantins. “A partir de hoje está proibido quebrar multa, não vamos mais permitir qualquer jeitinho para retirada de infrações. Já determinei aos comandantes da Polícia Militar e do Detran”, disse Carlos Gaguim.

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Carlos Gaguim, Estado, Siafem