Campo

Foto: Divulgação

Visando recuperar áreas de preservação permanente e reservas legais, agricultores familiares dos Projetos de Assentamentos da Reforma Agrária Santa Tereza, em Dueré, a 228 km de Palmas; Barranco do Mundo, em Pium, a 181 km; Toledo II, em Pium; e do P.A. Araguaia, em Caseara, a 256 km, participam de uma oficina para criar um calendário de coleta de sementes nativas.

A oficina está sendo oferecida pelo governo do Estado por meio da Seagro (Secretaria da Agricultura Pecuária e Abastecimento) e do Ruraltins – Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins –, a realizar-se durante esta semana, 14 a 18, sendo um dia em cada Assentamento.

Segundo informações do gestor do projeto e coordenador de meio ambiente no Ruraltins Aníbal Pereira Roque, o calendário será elaborado de acordo com as características da vegetação local para a produção de mudas e até mesmo troca de sementes entre as comunidades. ”Essa coleta vai permitir que os agricultores possam iniciar o processo de preparo das mudas e aumentar a quantidades delas, além de contemplar os agricultores que não serão beneficiados pelo projeto, pois estes receberão as mudas”, comenta.

Durante a oficina agricultores e extensionistas discutem sobre o período propício para a coleta das sementes, levando em consideração o conhecimento empírico dos assentados. “São os assentados que estão em contato direto com a natureza e acompanham as fases de flores e frutos”, diz Roque.

Esta ação faz parte do projeto para recuperação de áreas de preservação permanente e reserva legais em parceria com o Incra – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária do Tocantins, que busca orientar os assentados quanto a importância desta atividade e dar condições para que os mesmo possam realizar os trabalhos.

Sobre o projeto

O trabalho está sendo realizado em cinco assentamentos beneficiando diretamente 25 lotes e indiretamente 225 famílias. O projeto será cloncluído em outubro de 2010 com o plantio das mudas nas áreas de preservação permanentes e áreas de reservas legais. Serão realizadas ações durante todo esse período, ações teóricas e práticas.

Fonte: Ascom Ruraltins