Estado

Foto: Esequias Araújo

O governador interino do Tocantins, Carlos Henrique Gaguim, defendeu a agroindústria e maior parceria entre os produtores rurais e o governo do Estado, durante o Leilão Pecuária Solidária, realizado pelo leiloeiro Eduardo Gomes, em Gurupi, neste sábado, 19. No evento, que comemorou os 25 anos de atuação do leiloeiro no Estado, Carlos Gaguim falou do seu desejo de transformar o Tocantins em um polo do agronegócio. “Vamos incentivar a agroindústria para que o Tocantins seja em breve um polo do agronegócio”, disse o governador.

Na ocasião, Gaguim disse que tem planos para o desenvolvimento da região sul tocantinense, com ações voltadas, por exemplo, ao segmento da juventude, com qualificação e emprego para os jovens. “Ao se efetivar o nosso governo, temos muitos projetos voltados para a ciência e a tecnologia. Vamos acelerar o Tocantins e todas as nossas ações.” O governador também acenou que apoiará o Projeto Pecuária Solidária, idealizado e anunciado pelo leiloeiro duraque o evento.

De acordo com o leiloeiro, o Projeto Pecuária Solidária consiste no desenvolvimento da educação entre os moradores do campo, tendo por exemplo, bolsa-auxílio de estudos. O leiloeiro também destacou que o governador Gaguim tem uma visão favorável ao desenvolvimento da agroindústria. “O governador Gaguim tem uma visão que é necessária ao Tocantins e nós precisamos pegar a vocação para a pecuária e agricultura e transformar em agroindústria, agregando valor aos nossos produtos”, disse.

Toda a renda do leilão será destinada em partes iguais a cinco entidades beneficentes do Estado. Os recursos vão ajudar entidades como a Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Gurupi. Foram leiloados no evento lotes de animais reprodutores, embriões, produtos e insumos agrícolas e uma caminhonete. O dinheiro arrecadado vai beneficiar, ainda, a Liga de Prevenção e Combate ao Câncer de Paraíso, o Projeto Mãe de Leite e a Casa de Apoio São Luiz, de Goiânia, que assiste na sua maioria pessoas do Tocantins.

De acordo com a presidente da entidade, Maria Leonesa Pereira dos Santos, o recurso será empregado no pagamento de uma divida da Apae. “Vai nos auxiliar muito porque nossa entidade passa por dificuldade material e humana”, disse a presidente cujo órgão atende mais de 200 pessoas.

Também prestigiaram o evento, parlamentares, secretários do governo e lideranças regionais e municipais.

 

Fonte: Secom

Por: Redação

Tags: Agronegócio, Carlos Gaguim, Estado, Gurupi