Geral

Foto: Rafael Carvalho
  • Fábio Lelis tomou posse no conselho na última quarta-feira, 23

Representantes do Conselho Nacional de Recursos Hídricos e dos Estados de Tocantins, Goiás, Mato Grosso, Maranhão, Pará e Distrito Federal agora compõem o Conselho Gestor de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica dos Rios Tocantins e Araguaia.

O secretário de Recursos Hídricos e Meio Ambiente do Tocantins, Fábio Lelis, tomou posse como membro do Colegiado Gestor na manhã da última quarta-feira, 23, na sede da ANA - Agência Nacional de Águas, em Brasília. O secretário do Planejamento do Tocantins, David Torres, também foi empossado como membro do Colegiado Gestor. Ele foi representado pelo diretor de Recursos Hídricos e Meio Ambiente da SRHMA – Secretaria de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Belizário Franco Neto.

O colegiado terá como meta principal acompanhar e implementar os programas do Plano Estratégico de Recursos Hídricos da Bacia Araguaia-Tocantins, aprovado recentemente pelo Conselho Nacional de Recursos Hídricos.

Plano Estratégico

O governo do Tocantins participou de todas as etapas de elaboração do Plano Estratégico de Recursos Hídricos da Bacia Araguaia-Tocantins.

O Plano é um diagnóstico da Bacia e objetiva o fortalecimento institucional, saneamento ambiental e aproveitamento sustentável dos recursos hídricos até 2025. A região é considerada estratégica para o país pelo expressivo potencial para o desenvolvimento da irrigação, geração de energia, navegação, turismo e pesca.

No plano são apontadas possibilidades econômicas e se prevê medidas de caráter administrativo entre os governos federal e estadual e outras instituições. Ele inclui o investimento federal na ordem de R$ 3,8 milhões para aplicação em fontes diversas.

Da redação com informações Secom