Campo

Foto: Divulgação Resultado do cruzamento da raça Gir com Holandesa, Girolando resiste bem ao clima quente Resultado do cruzamento da raça Gir com Holandesa, Girolando resiste bem ao clima quente

O potencial da raça Girolando para produção de leite é um dos temas da 3ª Semana de Ciências Agrárias e Ambientais da Faculdade Católica do Tocantins.

Produtores rurais e estudantes de Zootecnia irão participar amanhã, sábado, 10, do Encontro de Criadores de Girolando e de debates sobre a raça, genética e nutrição.

A série de palestras será aberta, às 8h, pelo superintendente Técnico da Associação Brasileira dos Criadores de Girolando, Celso Menezes. Ele falará sobre o padrão racial do Girolando, a capacidade da raça de produzir leite a baixo custo e em regiões tropicais e sobre os trabalhos da entidade em prol do melhoramento genético da raça.

Os participantes ainda irão assistir a outras duas palestras com os temas: “Melhoramento Genético aplicado para produção leiteira” e “Alimentação alternativa para produção de leite no Bioma Cerrado”.

Para apresentar de forma prática o potencial da raça, haverá uma demonstração das características exteriores nos diferentes graus de sangue da raça Girolando. A dinâmica com animais será comandada pelo zootecnista e técnico para Inspeções e Provas Zootécnicas do Girolando no Tocantins, Nicolau Muzzi Dabul, a partir das 11h30.

Com o tema “Desenvolvimento Forte: Agropecuária e Meio ambiente”, a 3ª Semana de Ciências Agrárias e Ambientais acontece de 7 a 10 de outubro e tem palestras, apresentações culturais, mini-cursos e visitas técnicas. A programação completa e informações sobre as inscrições podem ser conferidas no site da universidade http://www.catolica.edu.br/ubec/.