Opinião

Alfred Nobel, cientista sueco, deixou um grande patrimônio, e um testamento destinando este recurso. Este dinheiro deveria ser usado para agraciar pessoas de qualquer parte do mundo com um recompenso em dinheiro, uma medalha de ouro, e um diploma, pelo destaque nas áreas de Física, Química, Medicina (Fisiologia), Literatura, e Paz. A posteriori Economia.

Após sua morte seu sonho se concretizou. Foi criada em 1900 a Fundação Alfred Nobel. Esta tinha o objetivo de realizar o sonho do cientista. O prêmio Nobel foi instituído em 1900. Mas somente em 1901 começou a ser entregue.

De acordo com a vontade de Alfred Nobel, o prêmio Nobel da Paz deveria distinguir "a pessoa que tivesse feito a maior ou melhor ação pela fraternidade entre as nações, pela abolição e redução dos esforços de guerra e pela manutenção e promoção de tratados de paz".

O Nobel da Paz é entregue anualmente em dezembro, em Oslo, na Noruega.

Assim como em outros organismos internacionais, tipo a ONU, a UNESCO, e outros, é evidente a influência dos Estados Unidos no resultado das demandas. Com o prêmio Nobel da Paz não acontece diferente. Inclusive este tem sido alvo de muitas críticas por sua utilização como "arma política".

Neste momento a Fundação Alfred Nobel tropica mais uma vez, sem nenhuma cerimônia, ao contemplar com o Prêmio Nobel da Paz o presidente Barak Obama. Não que ele não venha um dia merecer. Mas por ele, até o momento, não ter preenchido nenhum requisito que o qualifique como um pacificador conforme preconizava Nobel. Pelo contrário, neste instante joga bombas no povo iraquiano, afegão, dentre outros. Além de conservar o bloqueio econômico a Cuba, Coréia do Norte, Irã, dentre outros, está instalando bases militares na Colômbia. Seu discurso converge para o “faça o que digo, mas não pode fazer o que eu faço”.

Assim fazendo a Fundação Alfred Nobel nivelou Obama a pacificadores do quilate de Madre Tereza, Desmond Tutu, Nelson Mandela, Yasser Arafat, Martin Luther King Jr., Linus Pauling que deram suas vidas por uma causa... O que é uma afronta à inteligência humana. Um verdadeiro absurdo...

Que Alfred Nobel, no seu repouso eterno, perdoe os administradores da Fundação Alfredo Nobel por cometer, em alguns momentos, tamanha heresia, incomensurável blasfêmia com esta renomada comenda. E que os que foram contemplados por merecimento com a distinção não resolvam procurar, em sonho ou pesadelo, a direção do prêmio para devolvê-lo.

Arimatéia Macêdo – www.arimateia.com

Por: Arimatéia Macêdo

Tags: Arimatéia Macêdo, Opinião