Cultura

Foto: Tharson Lopes

A Galeria de Artes Mauro Cunha, localizada na sede da Fundação Cultural do Tocantins, estará com a mostra "Versos re Verso", do artista plástico Antônio Netto, a partir desta terça-feira, 17. A abertura acontecerá às 19h.

A exposição é formada por 20 trabalhos desenvolvidos entre os anos de 2003 a 2009, sendo em sua maioria inéditas, na técnica acrílica sobre tela, e composta por 64 telas que variam do formato de 15x15 a painéis que chegam a 150x255.

A mostra comporta obras que transitam entre a emoção e a razão, entre o espaço e o tempo, intensificando o conceito de que a arte é a ponte que liga a idéia e o sentimento ao objeto, é o canal mais denso em transmitir o ato criativo.

As obras poderão ser visitadas até o dia 11 de dezembro do corrente ano, em horário comercial. A Curadoria é de Elsa Paranaguá Elvas.

Informações na Coordenação de Artes Plásticas e Visuais da FCT, pelo telefone 63.3218-3331.

O artista e seu trabalho

Segundo Antônio Netto, a intenção em reunir esses trabalhos desenvolvidos nesses nove anos em uma única exposição é percorrer a trajetória traçada desde 2001, ano em que o artista começou a se interessar pelo estudo da cor e de suas propriedades físicas, se distanciando da figuração e experimentando sua aplicação e intensidade nos trabalhos concretos a partir de 2002/3, resultando, em seguida, na exposição "Paradoxos da Forma", no ano de 2006.

Já nas últimas obras desenvolvidas para "Paradoxos da Forma" o cenário concreto começa a se diluir dando espaço aos gráficos formados por pontos e linhas e tem a repetição como ritmo intenso. E justo dessa transição surge " Espaços Preenchidos de Vazio".

Da reflexão entre Paradoxos e Espaços surge "Versos re Verso", uma exposição que reune diferentes tempos, modos de ver e de aplicar a idéia na tela, mas sobre o mesmo tema, o espaço, a reflexão sobre o tempo e a recorrência de elementos alegóricos durante esse período.

Além do Tocantins, Antônio Netto já mostrou sua arte em vários estados como Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraíba e Distrito Federal e também em Paris/França.

Fonte: Ascom Fundação Cultural