Geral

Aconteceu ontem, terça-feira, 12, em Paraiso do Tocantins, a segunda etapa do Seminário de Diagnóstico Participativo, onde foram apresentados os dados obtidos com a aplicação do questionário durante o primeiro encontro (ocorrido em 15/12/2009) e discutidas ações para o desenvolvimento sócio-econômico, ressaltando a sustentabilidade, competitividade e levando em conta os potenciais do município nas áreas do turismo, agropecuária e indústria.

Na primeira etapa, equipes foram divididas em áreas de interesse para estudo e diagnóstico das necessidades, problemáticas e potencialidades do município. Agora, na segunda etapa, estes mesmos grupos traçaram estratégicas e um planejamento para implantação de políticas e ações que venham por em prática as demandas necessárias ao desenvolvimento de Paraiso nas áreas de meio-ambiente, desenvolvimento econômico, desenvolvimento social, gestão pública, cultura e lazer.

Para o Administrador Edson Cabral, que coordenou o seminário, as propostas colocadas durante o evento são de grande importância, “minha avaliação é que as duas etapas já realizadas foram positivas, demonstrando comprometimento e sensibilidade técnica e política da equipe que participou, as informações coletadas na aplicação dos questionários e as contribuições apresentadas pelos participantes nas duas etapas são essenciais e de grande valia para qualidade do diagnóstico a ser apresentado”, ressalta Cabral.

Ainda segundo Cabral os próximos passos são a análise dos dados coletados e a análise de probabilidade de ocorrência e relevância das 37 ações propostas pelos grupos temáticos, essas informações irão subsidiar a proposta de projetos de intervenção, programas e atividades a serem organizadas no futuro Planejamento estratégico do Município.

O Seminário de Diagnostico Participativo é uma realização da Prefeitura de Paraiso por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente e teve o apoio e a parceria do Governo do Tocantins, Federação das Indústrias do Estado do Tocantins, IEL e Sebrae.

Fonte: Ascom Prefeitura de Paraiso