Meio Ambiente

Foto: Nacim Borges

Traçar diretrizes básicas para a gestão dos recursos hídricos, visando assegurar a disponibilidade destes recursos tanto em qualidade quanto em quantidade, para que haja um desenvolvimento sustentável do Tocantins. Estes são os objetivos do Plano Estadual de Recursos Hídricos (PERH) um dos instrumentos da política estadual de uso destes recursos, desenvolvido pela Secretaria Estadual de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, que terá suas duas primeiras fases apresentadas nesta quarta-feira, 20, às 08h30, no auditório da Secretaria Estadual de Habitação.

Durante a reunião, o Consórcio responsável pela elaboração do Plano, apresentará um diagnóstico e um prognóstico, que servirão de base para as ações futuras. “Teremos em mãos um levantamento da disponibilidade e da demanda dos recursos hídricos em todo Estado e uma predição de como trabalhar estes dados. A partir daí, avaliaremos, juntos com os parceiros as mudanças a serem feitas para darmos início às ações de validação deste plano”, afirma o secretário de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, Fábio Lelis.

Participam do Conselho Estadual de Recursos Hídricos, além da Secretaria Estadual de Recursos Hídricos e Meio Ambiente, o Instituto Natureza do Tocantins, a Secretaria de Agricultura Pecuária e Abastecimento, a Secretaria de Ciência e Tecnologia, Secretaria da Fazenda, Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano, Secretaria da Indústria e Comércio, Secretaria da Infraestrutura, Secretaria de Planejamento, Secretaria da Saúde, Procuradoria Geral do Estado, Agência de Desenvolvimento Turístico do Tocantins, Associação Tocantinense de Municípios, Ministério Público Estadual, Assembléia Legislativa, Federação da Agricultura e Pecuária do Tocantins, Federação das Indústrias, Organizações Civis de Recursos Hídricos, Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Tocantins e Administração de Hidrovias do Tocantins Araguaia.

A elaboração do PERH teve início no segundo semestre de 2008, através de consultas públicas em nove municípios do Estado, onde foram agregados representantes para que todos tenham acesso a essa ferramenta que está sendo construída pelo governo do Estado.

 

Fonte: Ascom Secretaria de Recursos Hídricos