Geral

O escritor Mário Ribeiro Martins lançará no VI Salão do Livro do Estado do Tocantins, previsto para ocorrer entre os dias 19 e 28 de março deste ano, dois livros: Conflito de Gerações e Outras Provocações (Goiânia, Kelps, 2010), com 455 páginas, apresentando vários assuntos, entre os quais, o artigo "Os livros sobre o Tocantins e seus erros” e o Dicionário Bibliográfico do Tocantins (Goiânia, Kelps, 2010), com 1.100 páginas, apresentando as biografias de todos que publicaram livros no Tocantins, que nasceram, viveram, passaram ou ainda moram no Tocantins.

Dono de uma extensa obra literária, Martins é membro da Academia Tocantinense de Letras e reside em Palmas desde o ano de 1998, quando se aposentou como Procurador de Justiça pelo Estado de Goiás.

O escritor também é membro de várias outras academias de letras além da tocantinense. Entre elas destacam-se a Academia Goiana de Letras; Academia de Letras do Estado do Rio de Janeiro e Academia Pernambucana de Letras e Artes.

No ano passado o escritor também lançou suas obras na 5ª edição do Salão do Livro. Naquela oportunidade três livros do autor puderam ser apreciados pelos visitantes do Salão: A Consciência da Liberdade e Outros Temas; Manifesto Contra o Óbvio e Outros Assuntos; e Encantamento do Mundo e Outras Ideias. Os textos de Martins também podem ser encontrados no seu site pessoal www.mariomartins.com.br/.

Maior Biobibliógrafo do Brasil

O jurista goiano Licínio Barbosa, publicou no jornal goiano, Diário da Manhã, um artigo sobre a trajetória do autor, onde define Martins como o maior Biobibliógrafo do Brasil. Martins é baiano de origem e natural de Ipupiara, na região da Chapada Diamantina. Além da formação jurídica ele também é mestre em Teologia e licenciou-se em Filosofia.

Café Literário

Durante o Salão do Livro os leitores poderão conhecer as obras de Martins no Café Literário, espaço do Salão reservado para a divulgação da produção literária dos escritores tocantinenses, que ao longo do ano produziram contos, poesias, poemas, literatura de cordel, livros, entre outros.

O espaço físico em que será realizado o Salão terá uma área superior a 10.000m², segundo informações da Secretaria Estadual da Educação (SEDUC). O espaço vai abrigar visitantes oriundos dos mais diversos municípios tocantinenses e estados do País.

(Umberto Salvador Coelho)