Geral

Foto: Ises Oliveira Água do município tem enorme concentração de coliformes, segundo Halum Água do município tem enorme concentração de coliformes, segundo Halum

A retomada das obras do sistema de tratamento de água e esgoto na cidade de Bom Jesus do Tocantins foi o principal assunto debatido na sessão matutina desta quarta-feira, dia 10. O deputado César Halum (PPS) levantou a questão ao comentar sobre um requerimento de sua autoria, aprovado na ordem do dia de hoje, que pede providências com relação à qualidade da água que a população está ingerindo. Na tentativa de sensibilizar os deputados para a resolução do problema, dezenas de vereadores e líderes políticos de Bom Jesus participaram da sessão.

César Halum destacou a necessidade da conclusão da obra de saneamento como forma de garantir a saúde da comunidade. “Essa grave situação vem se estendendo há quatro anos. Não podemos admitir que a população continue sofrendo com a falta de água tratada com enorme concentração de coliformes”, frisou o deputado ao apresentar uma amostra da água colhida no município.

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júnior Coimbra (PMDB), também comentou sobre sua preocupação com a comunidade. Ele disse que esteve reunido com o secretário estadual da Infra-estrutura para debater uma solução para o problema, já que a obra do Governo Federal foi paralisada pela Polícia Federal em virtude de irregularidades relacionadas à Funasa, responsável pela administração da obra.

“Me solidarizo com a comunidade e com o prefeito Jairton Castro (DEM) que também é vítima da situação, pois consome da mesma água e está tentando, como nós, encontrar uma saída para o problema”, defendeu Coimbra.

O discurso do presidente da AL ganhou reforço nas falas dos deputados Pedro Lima (PR), Josi Nunes (PMDB), Raimundo Moreira (PSDB), Sandoval Cardoso (PMDB) e Marcelo Lelis (PV) que demonstraram apoio aos líderes do município. Lelis propôs a criação de uma Comissão Especial no Parlamento para debater o assunto.

Já Sandoval Cardoso afirmou que, em atendimento a um ofício do seu gabinete, a Secretaria de Infra-estrutura se comprometeu a encaminhar, nesta quarta-feira, dia 10, uma equipe para Bom Jesus para analisar as condições da obra e dar uma posição aos parlamentares. ”Lamentamos o fato, e estamos empenhados em resolver a situação para que a comunidade de Bom Jesus possa ter um sistema de água adequado que venha ao encontro de suas necessidades”, ressaltou Sandoval.

Fonte: Dicom/AL