Geral

Foto: Divulgação

Dando prosseguimento à primeira etapa do projeto “Sússia a Interregionalidade de uma forma de expressão cultural”, técnicos da diretoria de patrimônio da Fundação Cultural do Tocantins estarão, entre os dias 05 e 07 de abril, em Natividade e, entre os dias 08 e 09 de abril, no município de Santa Rosa, para realizar o estudo preliminar sobre essa importante manifestação cultural do Tocantins.

Além desses dois municípios, o projeto também contempla as cidades de Arraias, Almas, Monte do Carmo e Paranã. Ao todo, em cada município serão realizadas quatro etapas.

Nesta primeira etapa do projeto já foram realizados estudos preliminares nas cidades de Arraias, Almas, Natividade. Os trabalhos desta fase consistem no contato com as lideranças dos grupos de sússia e também com lideranças políticas; o levantamento de fontes bibliográficas, fotografias, matérias publicadas em jornais, vídeos e outros tipos de materiais de pesquisa, além disso, também será realizado o mapeamento de todos os brincantes e o agendamento com representantes dos grupos para a realização das ações das próximas etapas.

Nas próximas etapas serão feitos os trabalhos do inventário e a captação de imagens para o vídeo documentário. Após a finalização do projeto, será feita a entrega dos trabalhos a comunidade com a apresentação do material através de exposição fotográfica e vídeo documentário na sede dos municípios estudados.

Capim Dourado

O projeto “Capim Dourado - Trançando a Tradição”, também realizado pela Fundação Cultural do Tocantins realizou o inventário do saber fazer dos artesãos da Comunidade Mumbuca, região do Jalapão, na produção de peças em capim dourado, onde foram produzidos um vídeo documentário e um catálogo com fotografias e desenhos dos trançados. O resultado final do trabalho está previsto para ser apresentado à comunidade no mês junho, para posteriormente ser lançado em Palmas.

Fonte: Assessoria de Imprensa Fundação Cultural