Polí­tica

Foto: Benhur de Souza De acordo com a líder do governo haverá reunião com os deputados para definir agenda de atendimentos De acordo com a líder do governo haverá reunião com os deputados para definir agenda de atendimentos

Mesmo o governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) não admitindo, o nome dele é natural para concorrer à reeleição nas eleições deste ano, e, dentro deste cenário, a especulação dos nomes de possíveis vices para compor a chapa majoritária começam a surgir. Um destes nomes especulados na semana passada pela imprensa é o do prefeito de Gurupi, Alexandre Abdalla (PR), que atenderia uma demanda da região sul do Estado, que nas últimas eleições não foi contemplada na chapa majoritária. Outro nome citado por fontes governistas é o do prefeito petista de Dianópolis, José Salomão.

Em entrevista ao Conexão Tocantins a deputada estadual peemedebista e líder do governo na Assembleia Legislativa, Josi Nunes, analisou a perspectiva de indicação destes nomes e afirmou que o cenário político ainda está muito incerto e que, o que vai avaliar os melhores nomes para compor a chapa majoritária são as pesquisas. Josi, entretanto, não se opôs a uma possível indicação de Abdalla. “Se o nome do Alexandre Abdalla tiver bem nas pesquisas não seremos nós, apesar de sermos oposição a ele em Gurupi, apesar de entendermos que não tem feito uma boa administração em Gurupi, não tem correspondido com os anseios de Gurupi. Mas não seremos nós que seremos oposição a ele”, afirmou.

Josi Nunes analisou a cobrança do sul do Estado para participar da chapa majoritária. Segundo ela tem que se sentar na mesa e discutir o nome das lideranças e a viabilidade da participação destas lideranças na majoritária. Segundo a deputada além de analisar o quadro regional tem que analisar o quadro partidário. A deputada lembrou que na eleição passada tanto o vice-governador Paulo Sidnei (PPS), quanto o governador Marcelo Miranda (PMDB) tinham suas bases eleitorais em Araguaina e isto não inviabilizou o processo de eleição do governador.

A líder do governo também defendeu a articulação de uma grande aliança que possa contar com o PT e o PR. “É fundamental que possamos agregar um número máximo de partidos”, disse a deputada. Josi afirmou que José Salomão é um líder importante que desponta dentro do PT. Ela ainda lembrou outros nomes do partido como o prefeito de Colinas do Tocantins, José Santana e deputada estadual Solange Duailibe,“o importante é que todos tenham flexibilidade e coloquem o projeto do Estado do Tocantins maior que os projetos individuais”, disse a deputada.