Geral

O pré-candidato do PT ao governo do Estado, em entrevista coletiva depois do evento que lançou seu nome à disputa na noite deste sábado, 10, fez críticas ao governo e, assim como outros membros do seu partido, afirmou que ainda é tempo de buscar alianças.

Paulo Mourão destacou que gostaria de ver Marcelo Miranda (PMDB) e o próprio governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) compartilhando palanque com seu partido. O ex-prefeito de Porto Nacional frisou que ainda terá o momento certo para abrir a discussão, “porque entendemos que a aliança é a garantia de um projeto consolidado”.

O petista ressaltou que o Estado tem problemas em áreas determinadas, como saúde e educação. Para o candidato petista, falta ao atual governo, políticas voltadas para a sustentabilidade. De acordo com Mourão, o governo “age muito sem planejamento, (...) muito de certa forma para atender suas emergências”. De acordo com o candidato, o Estado precisa de um choque de gestão, de modernidade para garantir um desenvolvimento sustentável “com inclusão social”.