Polí­tica

Foto: Antônio Gonçalves

O presidente regional do Partido dos Trabalhadores, Donizeti Nogueira, disse durante entrevista ao Conexão Tocantins, nesta segunda-feira, 26, que encara com naturalidade a decisão do senador João Ribeiro (PR) de apoiar o ex-governador Siqueira Campos (PSDB), candidato ao governo do Estado do Tocantins. “Certamente ele está tomando a decisão que ele considera melhor para o projeto que ele defende e nós respeitamos a decisão dele”, disse o petista.

Donizeti afirmou que gostaria de ter o senador numa aliança com o Partido dos Trabalhadores, mas que, se não é possível continuará com a aliança institucional “que temos trabalhado com ele em defesa do Estado”, disse.

O presidente regional do PT ainda falou das indicações de pastas do governo federal que o PR tem no Tocantins a exemplo da Ahitar - Agência de Administração das Hidrovias Tocantins e Araguaia, DNIT – Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes e DNPM – Departamento Nacional de Produção Mineral. Segundo ele as indicações de pastas do governo federal no Tocantins, por parte do Partido da República, não mudam nada com a decisão do senador em apoiar um candidato no Estado, que faz parte da oposição ao presidente Lula. “Uma decisão do senador João Ribeiro não vai mudar nada porque isto é uma questão do governo federal, não é uma questão que diz respeito apenas ao Estado do Tocantins. Segundo Donizeti o PR é um aliado importante do presidente Lula.

Ainda segundo o dirigente, o Partido dos Trabalhadores tem por princípio não praticar a figura da perseguição e discriminação. “A compreensão que nós do PT precisamos ter no Estado é que não estamos tratando do governo do estadual. Quem está em órgão federal está se tratando do governo federal e no plano federal temos aliança com o PR”, afirmou.

Donizeti finalizou dizendo que se estivesse se discutindo o governo do Estado a situação da indicação das pastas poderia ser outra.