Geral

Foto: Koró Rocha

Requerimento da Vice presidente da Assembléia Legislativa, deputada Solange Duailibe (PT), apresentado em plenário, nesta quarta-feira, pede ao Estado, a celebração de convênio com o Museu de Artes e Ciências de Aparecida do Rio Negro, visando a manutenção, permanência e funcionamento na cidade.

De acordo com a parlamentar, o Museu de Artes e Ciências corre o risco de fechar as portas por falta de verba de manutenção, para pagamento de despesas de água, luz , internet e segurança. O museu conta com obras de artistas tocantinenses em cerâmicas, pedras das Minas Gerais, livros, atlas, mapas, artefatos indígenas, aparelhos científicos e técnicos, além de 600 peças do acervo pessoal do americano Roberto Paul, fundador do museu.

“Não podemos permitir que uma riqueza dessas seja subjugada, pois ela resguarda história cultural da comunidade de Aparecida do Rio Negro, por isso queremos a celebração de um convênio com a Fundação Cultural do Tocantins” – justifica Solange

O Museu de Artes e Ciências da cidade de Aparecida do Rio Negro-TO foi criado em 2005, por iniciativa do americano Roberto Paul Yassanye, tendo sido incluído no Cadastro Nacional de Museus, do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN do Ministério da Cultura, em 2007.

Fonte: Assessoria