Polí­tica

Foto: Koró Rocha

O deputado estadual e líder do PMDB na Assembleia Legislativa do Tocantins, Iderval Silva, disse em entrevista ao Conexão Tocantins nesta segunda-feira, 03, que o PMDB assumiu a pré-candidatura do governador e que o interesse individual de alguns peemedebistas é que está atrapalhando o processo. Segundo o deputado, as articulações individuais são para interesses pessoais. “O partido está caminhando numa direção e eles estão caminhando em outra”, disse Iderval.

Durante a entrevista Iderval afirmou que o PMDB não tem conversação com o PSDB e o presidente regional do PMDB, Osvaldo Reis, não pode falar pelo partido no que se refere a alguma articulação com o PSDB – na semana passada Reis disse que o PMDB estava aberto para conversar com todos os partidos, inclusive com o PSDB - “ele está falando por ele, são ações individuais que estão tumultuando, ninguém sabe a mando de quem”, disse o Iderval.

O líder do PMDB na AL ainda afirmou que o governador é que está autorizado a discutir as coligações partidárias. “A gente sabe que ele já tem conversado isto com diversas pessoas, com o segmento do PT e estamos indo para a convenção pensando que vamos ter um acordo aí que possa estar junto todo mundo”, disse o deputado sobre as conversas com o Partido dos Trabalhadores.

Iderval ainda afirmou que, para a composição, os dois partidos vão ter de ceder “a questão de estar lançada a pré-candidatura é uma obrigação de todos os partidos, mas não deixa de estar aberta uma conversa que estas vagas poderão ser discutidas”. Tanto o PT quanto o PMDB vão discutir a chapa completa, segundo o deputado.

Confira a entrevista na íntegra