Polí­tica

Durante a sessão da manhã desta terça-feira, 4, a líder do governo na Assembleia Legislativa, deputada Josi Nunes (PMDB), em entrevista ao Conexão Tocantins, fez coro com o ex-vice-prefeito de Palmas, Derval de Paiva (PMDB) e confirmou que seu partido se encontra com problemas internos.

De acordo com a deputada, existem entre os peemedebistas do Estado uma divergência de linhas de pensamento. “Parte do partido vai com Siqueira e parte segue no pensamento tomado desde o princípio (de manter a candidatura de Carlos Gaguim)”, destacou. A peemedebista afirmou que essas diferenças de linha de atuação fazem aumentar os conflitos internos no partido e ressaltou a necessidade de evitar que situações como esta aconteçam.

Para sanar estes problemas Josi chamou a responsabilidade para o presidente regional do partido, deputado federal Osvaldo Reis. “Nós precisamos que o presidente assuma essa responsabilidade”, frisou, destacando a importância de o presidente do PMDB assumir a articulação interna do partido.

Acelera

Josi Nunes avaliou positivamente a edição de Araguaina da Caravana Acelera Tocantins. A deputada ressaltou que a cidade, que é o segundo maior colégio eleitoral do Estado, passa por problemas em decorrência de “anos e anos sem investimento, que estouraram na gestão do prefeito Valuar (Barros, do DEM)”, segundo a deputada. A parlamentar destacou que, para a solução dos problemas, o momento é de unir forças entre as três esferas da administração pública.

Senado

Sobre a possível candidatura de Osvaldo Reis ao senado federal, a deputada afirmou que qualquer membro do partido tem o direito de pleitear a vaga, “mas não devemos fazer disto uma guerra”.