Geral

Foto: Lia Mara

O governador Carlos Henrique Gaguim, acompanhado da primeira-dama Rose Amorim, do secretário da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Sahium, entre outras autoridades, oficializou na tarde desta quarta-feira, 05, a abertura da maior feira agropecuária da Amazônia brasileira, a Agrotins - Feira Agrotecnológica do Tocantins.

O governador aproveitou a ocasião para visitar e conhecer as novidades que os expositores trouxeram para Agrotins este ano. Depois de passar por todos os corredores da feira, Carlos Gaguim falou sobre o crescimento da Agrotins e dos investimentos do Governo no desenvolvimento da agropecuária no Estado. “Mesmo com dificuldades na arrecadação, temos como prioridade o desenvolvimento da pesquisa da cadeia produtiva do Tocantins”, disse ele, destacando o grande potencial que o Estado tem na agropecuária.

Com o tema “Manejo e uso sustentável da água e do Solo”, a organização quer chamar a atenção dos visitantes para os problemas climáticos. Quem passar pela feira, que tem sua estrutura instalada no Centro Agrotecnológico de Palmas, na TO - 050, até próximo sábado, 8, poderá conferir diversas atrações de incentivo ao agronegócio tocantinense, tais como roça vertical, fábrica de reciclagem sustentável, caminho das águas, validação de sementes de grãos, mostra de animais geneticamente melhorados, laboratório de biotecnologia, além de distribuição de mudas silvícolas e de flores tropicais.

O secretário Roberto Sahium chamou atenção para os resultados obtidos na Agrotins nas edições anteriores. “A Agrotins já se consolidou como um importante portal para o agronegócio. E este ano ela está mais provocativa porque, além de permitir a difusão e a transferência do conhecimento científico e tecnológico, apresenta as potencialidades produtivas do Estado e avanços para o setor agropecuário para o futuro”, explica.

Durante a solenidade de abertura, o governador entregou ao pesquisador da Embrapa Drº Aristoteles Pires de Matos o título de Cidadão Tocantinense pelos trabalhos prestados em pesquisa na agricultura do Tocantins.

Estrutura

A feira está instalada numa área de 600 mil metros quadrados onde estão distribuídos 350 estandes. Destes, há 65 cobertos no pavilhão central, com 9 metros quadrados; espaço com 48 unidades de 360 metros quadrados reservado para exposição de máquinas, veículos e implementos agrícolas; uma unidade demonstrativa de campo, com mil metros quadrados, distribuídos em 25 locais de vitrines vegetais.

A Agrotins é uma realização do Governo do Estado, por meio da Seagro e suas vinculadas (Adapec - Agência de Defesa Agropecuária, Ruraltins - Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins e Itertins - Instituto de Terras do Tocantins), além da Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, e secretarias de Estado.

Fonte: Secom