Geral

Foto: Gustavo Sá

Entre acenos e apertos de mão, a visita do ex-governador Siqueira Campos (PSDB) à Agrotins na tarde da última sexta-feira, 7, ficou marcada por um ato hostil do político à um jornalista lá presente.

De acordo com uma testemunha que não quis se identificar, enquanto era abordado pelo repórter ao final da visita, Siqueira se irritou e segurou seu gravador, afirmando em tom áspero que se fosse ético, o jornalista “desgravaria” o que estava ali, pois ele, Siqueira não lhe estava dando entrevista. Segundo relatado, o motivo dado pelo ex-governador, seria o fato de a imprensa distorcer informações.

A atitude do ex-governador e pré candidato ao Palácio Araguaia constrangeu os presentes na ocasião.

Outras desavenças

Essa não é a primeira vez que Siqueira destrata a imprensa que o cerca. No megaevento marcado para o dia 26 de abril, no qual o ex-governador anunciaria sua aliança com os senadores João Ribeiro (PR) e Kátia Abreu (DEM), estava tudo preparado para que os jornalistas lá presentes pudessem fazer a melhor cobertura possível. Desde a preparação do auditório até a montagem de uma sala de imprensa para dar suporte aos veículos de comunicação.

De acordo com a assessoria do evento, na época, estava acertado que ao final dos discursos dos três políticos, aconteceria uma entrevista coletiva de todos. Mas o que aconteceu foi diferente. Quando Siqueira estava para chegar ao auditório da Associação Tocantinense dos Municípios (ATM), local de realização do encontro, os assessores ali presentes organizaram os jornalistas para poderem pegar uma fala do pré-candidato ao governo. Contrariando as expectativas, Siqueira Campos, ao descer do carro foi acompanhado de um batalhão, não dando atenção à imprensa ali presente, se limitando a responder poucas perguntas enquanto se encaminhava ao palanque. A expectativa era para a entrevista coletiva marcada para o final da solenidade.

Entretanto, no momento da entrevista apenas a senadora democrata Kátia Abreu compareceu ao local reservado para o encontro entre políticos e jornalistas. A falta de Siqueira foi justificada pela assessoria do ex-governador. Foi passado para todos ali presentes que o Siqueira não compareceria à coletiva pois estava reunido com o marqueteiro Duda Mendonça e sua equipe.

Mesmo orientado por um dos mais renomados profissionais do marketing político do Brasil, o ex-governador Siqueira Campos mantém sua postura de afastamento da imprensa. Resta saber se suas ações irão mudar no decorrer do período eleitoral que se aproxima.