Geral

Foto: Divulgação

O governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB) em entrevista ao Conexão Tocantins na tarde desta quinta, 27, disse que ainda não teve nenhum contato com lideranças do PP para conversar sobre alianças no entanto disse que na próxima semana terá uma conversa com o presidente estadual da legenda Lázaro Botelho.

“Até o momento ainda não tivemos contato”, disse o governador afirmando ainda que vai aguardar o partido se resolver com as lideranças da União do Tocantins. Questionado sobre as conversas com o PT, presidido no Estado por Donizeti Nogueira, o governador afirmou que está em contato com o prefeito de Palmas, Raul Filho e ainda com o pré-candidato Paulo Mourão.

“As conversas vão bem, vou conversar com todos pessoalmente”, frisou na entrevista. Gaguim garantiu que até as convenções muitas surpresas vão acontecer na chapa, nesse sentido citou vários partidos grandes e pequenos com os quais ele estará conversando até o dia das Convenções partidárias.

O governador salientou por várias vezes na entrevista que nada está definido ainda. “Até as convenções nada está fechado”, disse, comentando que a base do governo receberá ainda mais partidos.

Osvaldo insiste

Questionado pelo Conexão Tocantins sobre as declarações do deputado federal e presidente do PMDB, Osvaldo Reis sobre a manutenção de sua pré-candidatura ao Senado, o governador disse que seu relacionamento com Reis está bem e que o peemedebista é candidato a deputado federal.

Sem tecer detalhes, Gaguim afirmou que as declarações de Reis são em virtude da liberdade de expressão que todos tem no seu governo. O governador contou ainda que já falou por telefone com o deputado nesta quinta, 27.

Vagas ao Senado

Sobre as vagas ao Senado, Gaguim reafirmou que o ex-governador Marcelo Miranda e o senador Leomar Quintanilha são os pré-candidatos até o momento mas não descartou mudanças. O governador citou o nome da deputada estadual do PT Solange Duailibe e ainda de Mourão como bons nomes para o Senado.

Oscilações

Durante a entrevista o governador falou muito sobre mudanças na aliança e nas chapas majoritárias no entanto sem se aprofundar deixou claro que a única vaga que está garantida é a sua na cabeça da chapa. Segundo ele, não por imposição mas porque é o desejo das bases. “Fui indicado pelas bases”, disse, descartando qualquer possibilidade de desistir de sua pré-candidatura. Sobre a garantia de Marcelo e Quintanilha nas vagas ao Senado o governador diz acreditar que o partido irá homologar a candidatura dos peemedebistas.

Coisas da campanha

Gaguim não quis comentar sobre a possível contratação do marqueteiro de renome nacional Paulo de Tarso para sua campanha mas ao ser questionado pelo Conexão Tocantins não negou a informação. “Isso são coisas da Campanha não tenho nada a declarar”, frisou.