Polí­tica

Foto: Carlos Henrique Furtado

O ex-deputado federal Freire Júnior (PSDB) aguarda contato com o ex-governador e pré-candidato ao governo do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB). Freire, que foi cotado para ocupar uma das vagas ao Senado e chegou a trabalhar nos municípios com essa expectativa, disse ao Conexão Tocantins na manhã desta segunda, 31, que pretende se pronunciar apenas após ser procurado pelo ex-governador.

O tucano não foi no lançamento do pré-candidato ao Senado, deputado federal do PR, Vicentinho Alves. Segundo o ex-deputado, ele tem sido procurado por várias lideranças do PMDB, no entanto, ainda não aceitou conversar com ninguém. Por telefone, alguns membros da equipe de governo tentam abertura com o ex-deputado mas não tem recebido retorno.

Sua decisão, segundo ele será apenas depois de encontro com o ex-governador. “Estou aguardando o governador me procurar, só depois daí é que vou decidir”, frisou. Questionado pelo Conexão Tocantins se está descartada a possibilidade de apoiar a reeleição do governador Carlos Henrique Gaguim (PMDB), ele preferiu não comentar.

No entanto, Freire já descartou a possibilidade de tentar uma vaga na Câmara Federal ou ainda de ser suplente de senador na chapa.

Indignação

O ex-deputado em entrevista ao Conexão Tocantins na última semana demonstrou indignação com a indicação de Vicentinho e com a forma como os líderes da UT comunicaram a decisão. “Decidem ele, o pai e o divino espírito santo”, chegou a afirmar. Na ocasião, o ex-deputado disse que seria apenas um “mero eleitor” de Siqueira se colocando fora portanto das articulações políiticas.