Geral

Foto: Maryellen Araujo

Cerca de 80 detentos do interior do estado receberão qualificação profissional e apoio em sua reinserção na sociedade. Isto foi possível por meio de um convênio assinado hoje, 01, entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – SENAI Tocantins e Secretaria da Cidadania e Justiça do Estado do Tocantins, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Tocantins – FIETO, em Palmas.

O convênio firma o início de qualificações profissionais na área da construção civil aos detentos do sistema prisional do regime semiaberto do Centro de Reintegração Social Luz do Amanhã, situado no município de Cariri do Tocantins.

O termo de cooperação foi assinado por Roberto Pires, presidente da FIETO, Marcus Fonseca, diretor regional do SENAI Tocantins e Carlos Alberto Dias, secretário da Cidadania e Justiça. “Vamos utilizar este convênio como um projeto piloto. A indústria do nosso estado é parceira e dentro de nossas possibilidades vamos desenvolver novas parcerias com o intuito de ajudar no fomento da reinserção social dos detentos”, afirmou Roberto Pires.

Segundo o secretário, o maior problema da reintegração dos detentos é o preconceito e o convênio assinado com uma instituição conhecida nacionalmente por sua qualificação profissional de qualidade auxiliará neste processo de reinserção. “Hoje os empresários exigem a qualificação profissional. Para sanar esta dificuldade vamos promover a formação profissional que atenderá a este mercado”, observou Dias.

Na ocasião, Marcus Fonseca reforçou o trabalho realizado pelo SENAI Nacional por meio do Programa de Ações Inclusivas, que no Tocantins será iniciado com a ação que foi firmada hoje. “Sozinho o SENAI Tocantins não teria condições de viabilizar estes programas, pois demandam um custo maior por suas especificidades e a parceria com a secretaria de Cidadania e Justiça promove a união destes elementos que faltavam”, explicou o diretor.

Na próxima segunda-feira, 07, haverá reunião entre a secretaria e empresários de diversas empresas, entre elas Hering e Telemont. O encontro servirá para que os empresários exponham suas necessidades e expectativas em relação à capacitação dos detentos para, em um segundo momento, tornarem-se parceiros desta ação.

Participaram como testemunhas da assinatura do termo Jair Alcântara, superintendente de Administração Penitenciaria Prisional e Juarez Rigol, superintendente do PROCON.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Por: Redação

Tags: Cariri, Fieto, Jair Alcântara, Senai