Opinião

Urra! Tô passada com a notícia de que o PSDB entrou na justiça alegando que seis sindicatos representativos dos servidores estão utilizando da propaganda para atribuir uma imagem negativa ao ex-governador Siqueira Campos (PSDB) e pré-candidato da União “Pelo Tocantins”.

Ora meu povo se tem alguém que usou os servidores numa ação meramente política e eleitoreira não foram os Sindicatos...Caracas!  De novo esse lenga-lenga, essa enganação barata, fútil que não cola.

Querendo calar a boca dos servidores? Atentado à democracia é assim que chamo mais essa tentativa de calar a voz dos sindicatos. A propaganda na TV diz sim que o PSDB é culpado assim como o ex-governador que começou essa “brincadeira” sem graça e irresponsável de ir na justiça pedir as demissões de mais de 21 mil servidores.

O Sindicato dos servidores, dos trabalhadores em educação, dos farmacêuticos, da saúde, dos jornalistas e dos auditores fiscais têm toda a autonomia para defender o trabalho dos servidores. É preciso diminuir os comissionados mas não através de uma demissão em massa que irá desestabilizar o servidor e ainda a máquina pública. Que viagem...

O PSDB veste a máscara de coitadinho e no Tribunal Regional Eleitoral tenta ganhar o aval dos juízes eleitorais para calar a boca dos sindicatos. Pregando mais uma vez a opressão à manifestação popular? Esse é o velho voltando.

Vi uma entrevista onde o advogado do partido afirma que a propaganda está em excesso. Se preocupar com a possível demissão em massa é excesso? Tentar sensibilizar os ministros do Supremo Tribunal Federal...é excesso? Ir ás ruas com faixas, carros de som é excesso?O que afinal é excesso para quem afirmou numa cartinha fajuta que é contra demissões e a favor das conquistas dos servidores?

O que é excesso para quem teve atitudes tão mesquinhas com o funcionalismo público quando teve a oportunidade de dialogar com os representantes num passado não muito distante e difícil de esquecer. O PSDB tenta diminuir o impacto das demissões, os servidores do lado de lá usam da força do sindicalismo para impedir um caos administrativo.

Que destempero! O partido pede a desistência da Ação Direta de Inconstitucionalidade 4125 que pede as demissões e vai na justiça alegando propaganda eleitoral extemporânea contra o coitado do Siqueira....e ainda por cima o filho de Siqueira afirmou esses dias que não há razão para terrorismo...Ah, nem!

Ele tem mesmo várias máscaras e essa de vítima é só mais uma. Os servidores prestes a perder o emprego e o PSDB de novo, outra vez, sempre...tentando inverter os papéis.

É através de cartas, de mobilizações nas ruas, de propaganda na TV e de tantas outras alternativas democráticas que o servidor tenta defender o emprego. É através da enganação, da mentira e da manobra política que o PSDB tenta sair leso dessa história. É o velho voltando...e o servidor já sabe disso.

 *Vanessa Martini é bacharel em administração e analista de sistemas em Palmas.

(Os textos opinativos não refletem necessariamente a posição do Conexão Tocantins )

Por: Vanessa Martini Santos

Tags: Opinião, Vanessa Martini Santos