Cultura

Foto: Luciano Pereira

A Fundação Cultural do Tocantins e a Prefeitura de Formoso do Araguaia celebraram um Termo de Cooperação para conservação, manutenção e gestão do Museu dos Povos Indígenas da Ilha do Bananal, Javaé e Karajá – YNY HETO, localizado no município de Formoso.

Com a parceria firmada, caberá a Fundação Cultural do Estado gerir, conservar, manter, registrar e cadastrar o acervo do Museu; prestar assessoramento técnico museológico e museal; dar orientação sobre o funcionamento do patrimônio; capacitar técnicos e instalar um programa educativo. A FCT ficará ainda responsável pela fiscalização das obrigações estabelecidas ao município e disponibilização de uma equipe técnica, com conhecimento em patrimônio cultural, para avaliação das obras e peças que irão compor o acervo do Museu. Caberá a Prefeitura de Formoso do Araguaia administrar e conservar o prédio onde está instalado o Museu e pela infra-estrutura e recursos humanos para o funcionamento do mesmo.

O Termo de Cooperação terá vigência até o dia 31 de dezembro de 2012, podendo ser prorrogado.

Museu dos Povos Indígenas

O prédio onde será instalado o Museu dos Povos Indígenas se localiza no centro histórico de Formoso do Araguaia, abrigou na época de formação da cidade, 1971, o primeiro posto de saúde do município.

O museu, que será adornado com pinturas tradicionais do povo Iny, contará com um acervo de peças produzidas pelos próprios artesãos Javaé e Karajá e também com um material sobre a história e os aspectos culturais do município de Formoso do Araguaia.

O projeto de instalação do Museu dos Povos Indígenas foi selecionado pelo Edital Mais Museus 2008, beneficiando o Tocantins com recursos de R$ 87.490,23 do Governo Federal, sendo R$ 12.060,00 de contrapartida do Governo do Estado.

Fonte: Ascom Fundação Cultural