Polí­tica

Foto: Koró Rocha

Em entrevista ao Conexão Tocantins durante as sessões extraordinárias na manhã desta terça-feira, 22, o deputado Paulo Roberto Ribeiro (PR) afirmou estar aliviado com a decisão do tribunal pela absolvição dele e de seus pares. “A vitória foi do governador (Carlos Henrique) Gaguim, foi de todos nós, foi da democracia”, comemorou.

O deputado declarou ainda que jamais perdeu a fé na justiça neste caso. Relembrando dos casos em que disse ter sido discriminado pelo seu antigo partido, Paulo Roberto afirmou que “quando você é discriminado dentro do seu partido, você tem que recorrer a quem te protege”. O parlamentar declarou ainda que “seria injustiça se fosse o contrário”.

Recurso do DEM

Sobre o recurso que o DEM pretende mover contra a decisão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o deputado alegou que está tranqüilo. “Eu posso até ser cassado neste momento. Eu não poderia ser cassado dentro do meu Estado”, completou.

O deputado destacou ainda que em caso de julgamento eleitoral, não cabe simplesmente a partidos políticos julgarem as mudanças de legenda por parte dos deputados. De acordo com Paulo Roberto, “É o povo quem tem que te cassar, e não as pessoas ou um grupo político”, completou.